Publicidade

Aldeia das Águas

Alternativa Sustentável

Colchão de garrafas PET auxilia na diminuição de acidentes domésticos

Segundo estudo da OMS, por dia, 870 crianças e adolescentes sofrem graves ferimentos dentro da própria casa, em todo o mundo

Ciência e tecnologia  –  12/03/2013 17:10

1038

(Foto Ilustrativa)

A cada colchão de casal fabricado são

retiradas 1.260 garrafas PET da natureza

 

Alguns utensílios domésticos como facas, tesouras com pontas, fósforos e aparelhos elétricos, podem dar início a graves acidentes em casa. Geralmente as crianças são o principal alvo dessas armadilhas e, segundo um estudo da OMS (Organização Mundial da Saúde), por dia, 870 crianças e adolescentes sofrem graves acidentes, devido a afogamentos, quedas, queimaduras e intoxicações dentro da própria casa, em todo o mundo.

No dia a dia, em contato com faíscas ou chamas, alguns objetos como colchões, cortinas, tapetes, sofás e roupas são inflamáveis e podem causar incêndio. Mas já existe no mercado um colchão feito de garrafas PET retiradas do meio ambiente e recicladas, substituindo as lâminas de espuma e feltro usados na fabricação de colchões.

Performance superior

O sistema tem performance superior quando comparado às espumas utilizadas normalmente com a mesma finalidade, obtendo melhor desempenho contra deformação, oxidação, proliferação de micro-organismos e aumentando a sua vida útil.

Além disso, é autoextinguível, não propaga fogo e não serve como combustível em caso de incêndio, não emitindo qualquer subproduto tóxico, como fumaça. Para se ter uma ideia em números, a cada colchão de casal fabricado são retiradas 1.260 garrafas PET da natureza.

Segurança de crianças e bebês

Em alguns países, como os Estados Unidos, uma das principais preocupações neste sentido baseia-se na segurança de crianças e bebês. Segundo a orientação dada pela Academia Americana de Pediatria em 2005, seria prudente colocar o bebê para dormir no quarto dos pais, durante os três primeiros meses de vida, pois o risco de morte súbita no período aumenta em dez vezes.

Porém, nunca na mesma cama. Isto porque há perigo maior de acidentes quando os pais fumam, bebem ou tomam medicamentos para dormir, ocasionando uma série de possibilidades letais envolvendo inclusive a propagação de fogo durante o sono.

Como evitar acidentes

A Trisoft alerta sobre pequenos cuidados que devem ser tomados para evitar grandes incidentes: como a atenção maior ao armazenar artigos que possam gerar qualquer nível de perigo ao ser manipulados (como os itens citados acima), e sempre optar pelo uso de produtos que tenham certificado de qualidade e que proporcionem segurança comprovada por autoridades, principalmente aos objetos que ficarão em contato constante com a sua família.

Por Assessoria de Comunicação  –  contato@olhovivoca.com.br

Seja o primeiro a comentar

×

×

×