Publicidade

Aldeia das Águas

Há Casos!

Marco Túlio Carvalho

mtacarvalho@gmail.com

Crônica

Um crush pra chamar de meu

A paquera pelo celular no século XXI; olho no olho, bilhetinho e flerte são coisas do passado, para a maioria dos jovens de hoje

Colunistas  –  02/03/2017 22:18

5897

(Foto Ilustrativa)

Tô dando uns “match” aqui...

 

          Publicada: 21/01/2017 (11:38:48)
          Atualizada: 02/03/2017 (22:18:31) 

- Sim. Não. Sim... Não... Deixa eu ver... Sim! Não... Nunca! Hummm... Sim!!!
- Filha, isso aí é o quê? Aquela letra da música da Anitta? Sim ou Não?
- Kkkkkkk... Não mãããe... Tô dando uns “match” aqui...
- Uns o quê???
- Escolhendo uns “crush” mãe!
- Ahhh, adoro o “Candy Crush”! Me dá umas “vidinhas” aí, filha? Tô precisando!!!
- Não mãe!!! Nada a ver! Ai, esquece... Você não entende de paquera do mundo moderno!!!
- Ahhh mas não entendo mesmo... Paquerar usando celular? Eu sou da época do olho no olho... Bilhetinho... Flerte, entende?
- Bilhetinho? Flerte? Que isso mãe??? Ai, como a senhora é “over”...
- Mais respeito, hein Jéssica Catarina?!
- Eu tô querendo dizer que isso é fora de moda, mãe!!!
- Hummm...
- Mãããe!!!
- Que foi?
- Ele me deu “super like”... Ahhh... Não posso acreditar!
- Deu o que Jéssica??? Menina, cuidado com esses negócios... Não fica aceitando coisa de desconhecido...
- Afe... Ele gostou de mim, só isso!!! Mas e agora o que eu escrevo pra ele?
- Uai, escrever o quê???
- Agora vem a parte em que trocamos umas mensagens... Ai mãe, ajuda! Mas não pode ser “textão”, hein?
- Que raio de “textão” o que, Jéssica Catarina? Pede logo o zap dele e manda um áudio! Hum! Depois eu que sou “over”... Não sabe nem paquerar em pleno século XXI! Eu, hein?! 

Um abraço e até a próxima!

Por Marco Túlio Carvalho  –  mtacarvalho@gmail.com

Seja o primeiro a comentar

×

×

×