Publicidade

Aldeia das Águas

Conversa Franca

Mauricio Xavier faz sucesso na TV como a Markassa

Multifacetado, artista fala sobre vida profissional, conta um pouco da sua rotina e o que vem por aí no seriado de Miguel Falabella

Entrevistas  –  05/04/2016 22:32

Publicada: 27/02/2016 (18:37:39) . Atualizada: 05/04/2016 (22:32:29)

1

(Fotos: Divulgação)

“Tomamos todo o cuidado para que Markassa não fosse saliente demais; a solicitação do autor
era a de que ela fosse suave e não histriônica; foi preciso fazer com verdade, Markassa é humana”
 

Mauricio Xavier é um artista multifacetado. Ele conquistou o público com a personagem Markassa, que interpreta no seriado “Pé na cova”, do Miguel Falabella. Mas sua trajetória não se resume a apenas uma obra de sucesso. Nesta entrevista, ele fala sobre vida profissional, conta um pouquinho da sua rotina e os trabalhos que vêm por aí. Confira: 

Como foi para você fazer faculdade de engenharia civil e designer em Desenho industrial e hoje ser um dos maiores atores da atualidade?

Fiz uma escolha em que meu coração bateu mais forte, ambas faculdades deram espaço para as artes cênicas. O tempo e a disponibilidade solicitados pela arte de atuar me desviaram radicalmente do caminho.

Ah, fico feliz por você ter me colocado neste seleto grupo “Os melhores da atualidade”. Evidentemente, penso que não há limites precisos para o uso desta adjetivação. Sinceramente agradeço vosso elogio. 

Você iniciou sua carreira artística em 1992 com musicais e no mesmo ano foi indicado ao prêmio APETESP. Hoje é mais fácil viver da arte ou as dificuldades ainda são as mesmas?

Independente da escolha feita, ou da profissão, sempre haverá uma relativa dificuldade, não creio existir um caminho sem dificuldades. É como já dizia Carlos Drummond de Andrade. As pedras sempre estarão lá no meio. Acredito que o grande segredo está em sabermos contornar as adversidades, e aprendermos com os problemas do cotidiano. E nos tornarmos resistentes. 

Ator e apresentador, você ainda consegue encaixar um tempo para o seu lazer?

Apresentei programas em outras emissoras, “X?Tudo” na TV Cultura, “Playhouse Disney” na Disney Channel, entre outros, e foram experiências enriquecedoras. Apesar de me divertir muito com o meu trabalho, gosto muito de viajar, conhecer povos e costumes diferentes. Morei na Alemanha por uns quatro anos quando atuava no musical da Broadway “O Rei Leão”, e no tempo livre é sempre bom assistir a filmes, ouvir boa música, dançar, jogar videogame, ler livros, ir à praia, encontrar os amigos e conversar sobre todo e qualquer assunto, sem medo de ser feliz. 

Alguma vez pensou em desistir de sua carreira?

O ano de 1998, pra mim, foi muito difícil, com pouca oportunidade de trabalho, e raras alternativas. Naquele ano especificamente, repensei seriamente sobre a vida profissional. Mas, apesar da dificuldade extrema continuei minha jornada. Fui criativo e sobrevivi à crise. 

Mauricio Xavier por Mauricio Xavier:

 Que difícil (risos)... Sou meio agridoce (às vezes ultra sentimental, às vezes ultra incisivo). Gosto de muita gente ao meu redor na mesma proporção que curto o silêncio. Adoro quando chegam em mim, e posso me constranger com certas abordagens excessivas. Me sinto no equilíbrio das diferenças. 

Hoje você interpreta o Marcão/Markassa em "Pé na cova", série da TV Globo. Como foi que recebeu esse convite?

Meu coração disparou ao saber da possibilidade. Prontamente aceitei o chamado do grande Miguel Falabella. Marcão/Markassa, que desafio. Tomamos todo o cuidado para que Markassa não fosse saliente demais, apesar do requintado figurino de Sonia Soares e sua equipe. A solicitação do autor Miguel era a de que Markassa fosse suave e não histriônica (farsesca). Foi preciso fazer com verdade, Markassa é humana. 

Você já sofreu algum tipo de preconceito após a criação de sua personagem Markassa?

Por interpretar Markassa? (risos)
De modo algum. Não houve nenhum incidente desse tipo, as pessoas sabem que é uma personagem da ficção televisiva. Que representa uma realidade humana. Feito com humanidade, não haveria motivo. 

Infelizmente o Brasil teve uma grande perda com a morte da atriz Marília Pêra. O que você pode nos adiantar sobre a continuidade da série “Pé na cova”?

A grande diva Marília Pêra e o genial Miguel Falabella (o patriarca da família) são os pilares da série, a ausência de apenas um deles interfere diretamente na continuidade da trama. Deixamos a quinta temporada inteiramente gravada, que deve ter seu último episódio da última temporada exibido entre abril/maio. Trabalhar com esses grandes ícones é de uma honra sem tamanho. Sou imensamente grato pelo aprendizado. Grato pela direção criativa de Cininha de Paula, Cris Damato e Hsu Chien. A equipe de produção da TV Globo em sua totalidade é a grande responsável pelo sucesso da série. 

Gostaria que nos contasse sobre seus projetos e como o público consegue ter acesso ao seu trabalho?

A série “Pé na cova” continua na TV por mais algum tempo. Há convites para atuar em cinema e também para um espetáculo no Rio (ambos ainda em negociação). Estou disponível para o mercado. Há pouco foi reprisada a minissérie “Dalva & Herivelto” no canal Viva, que também teve êxito e exibição em outros países, como Portugal.

Eu estou na internet no meu site, é possível me adicionar e seguir na minha fanpage, meu Instagram é mauricioxavier01 e meu Twitter mauricioxavier1. Sempre que posso posto novidades nas redes sociais. Aliás, Yoko Ono, cantora, cineasta e artista plástica vanguardista japonesa, viúva de John Lennon e mãe de Kyoko Chan Cox e Sean Lennon, é seguidora assídua do Twitter de Mauricio Xavier (TV Globo). Suas obras, tanto musicais quanto teatrais, plásticas e conceituais, são caracterizadas pela provocação, introspecção e pacifismo.

Uma dica para quem gostaria de seguir o caminho da arte?

É preciso ter coragem e sabedoria pra fazer sua escolha. Seja ela qual for, tem que aprender a ser resiliente, seja flexível e mantenha o foco, evite se distrair com coisas e situações que não agregam ao seu objetivo. É preciso trabalhar, e trabalhar. Acredite: “A união faz a força”. E principalmente seja feliz.

Por Rodrigo Raó  –  rodrigorao.hairstyle@hotmail.com

Seja o primeiro a comentar

×

×

×