Publicidade

Prêmio Olho Vivo

Olho Pop

.Cláudio Alcântara

claudioalcantaravr@hotmail.com

Valorizando Talentos

Categoria Espetáculo: Arte em Cena, Calegari e Intervalo são os finalistas

Júri técnico analisará material enviado pelos três mais votados; resultado será revelado na noite da premiação

Votação técnica  –  07/01/2018 21:55

1

Suspense e emoção: Vencedores do Prêmio só serão revelados durante a cerimônia de gala

> Tudo gratuito: Confira o regulamento e saiba como participar do Prêmio OLHO VIVO 2017
> Confira a cobertura fotográfica do Prêmio OLHO VIVO 2016, realizado no Aldeia das Águas

Vigésima (e última) votação do ano fechada. Foram registrados 334 votos na categoria Espetáculo do Prêmio OLHO VIVO 2017. O tema deste ano é Diversidade. A página de votação foi visualizada 6.100 vezes; a reportagem com as fotos e links dos indicados registrou 761 views; o material de divulgação para indicações e inscrições foi visto 2.288 vezes; tivemos 204 indicações/comentários no post da nossa fanpage nessa categoria; e no total 17 espetáculos foram indicados. Os três mais votados e que estão classificados para a etapa final: Censurado - Cia. de Teatro Arte em Cena (28,94%); Um conto nos contos - Cia. Teatral Calegari / Oficina de Atores (19,69%); Luxúria - Cia. Teatral Intervalo (15,24%).

_______________________________________________________

Veja aqui o resultado completo da enquete. 

_______________________________________________________

Os ganhadores só serão revelados na noite de premiação, em fevereiro de 2018, às 20h (local a ser definido), em cerimônia de gala. O material enviado pelos finalistas de cada categoria é analisado pelo júri técnico, formado por seis jurados de notório conhecimento artístico profissional, convidados pelo editor-chefe do site, o jornalista Cláudio Alcântara. Todos os seis jurados votam em todas as categorias. Em caso de empate, o jurado especialista no segmento da respectiva categoria terá o voto de minerva.     

Confira o material enviado pelos três mais votados 

> Censurado - Cia. de Teatro Arte em Cena (28,94%) - Linha de direção e proposta cênica: “A proposta utiliza-se do teatro como ferramenta de denúncia e resistência para questionar as opressões do tema em foco: ‘A ditadura’. Tendo como base um novo olhar no âmbito teatral na quebra de uma direção tradicional, traz a desconstrução para uma possível construção deste conceito, criando um jogo entre o ontem e o hoje, dialogando com o passado e o presente. Utilizando-se de símbolos para fazer a passagem de tempo e estabelecendo um conflito interno entre as personagens que interagem consigo mesmas para contar esta história”.

Sinopse: “Sangue derramado, olhos vendados, filhos exilados... Uma ditadura que oprimiu, torturou, matou... E mata! A partir das produções artísticas da época da ditadura, e de textos pós-golpe, fazemos um paralelo com a situação política que vivemos ontem e revivemos hoje. A desconstrução se constrói através de fragmentos de músicas, peças e poemas do repertório cultural desse período. A peça tem por objetivo questionar e analisar os regimes e marcas deixadas pelo Golpe de 64 na política e na sociedade atual. A peça revela em sua metalinguagem as histórias vivenciadas em contrapartida à denúncia explicitada em meio a um cenário em construção... Constrói-se para desconstruir, revive-se para viver e denuncia-se para sobreviver às reminiscências de um passado que não está tão longe do nosso tempo. Quem são os opressores de hoje? De ontem? Quem são os oprimidos? Quais máscaras a ditadura se utiliza para se fazer presente nos dias atuais? Não podemos dizer que será respondido, pois foi Censurado”.

Ficha Técnica: Direção - Stael de Oliveira; Autoria - Stael de Oliveira e Igor Andrade; Participação - Coletiva do Grupo; Iluminação - Lucas Guimarães; Sonoplastia - Stael de Oliveira; Operador de luz - Lucas Guimarães; Operador de som - Thiago Ribeiro; Maquiagem - Grupo; Acompanhamento Musical - Meninos do Batuque; Elenco - Ana Clara Moares, Ana Laura Vieira, Ana Kelly Santiago, Bruna Castro, Camilla Oliveira, Fernando Bichara, Giovanna Gattás, Guilherme Barbosa, Igor Andrade, Ítalo Mozzaro, João Pedro Vieira, Klisman Reis, Maria Fernanda Maluf, Natália Barros e Nathália Vinhas.

> Um conto nos contos - Cia. Teatral Calegari / Oficina de Atores (19,69%) - Linha de direção e proposta cênica: “Quando recebemos o texto da autora Marcela Santos, logo na primeira leitura começamos juntos, elenco e direção, a traçar a linha que gostaríamos para o espetáculo. Um texto que apresenta tantos personagens ‘encantados’ tinha tudo para nos levar para um clichê. Mas a história da Marcela nos mostrou outros caminhos muito diferentes. Nossa proposta foi de que o espetáculo todo se passasse no sótão da casa da personagem Nora, onde ela pretende dar uma festa e ver se com isso arruma alguns amigos e se se torna ‘popular’. Quem a ajuda nessa missão é seu amigo Alex, que diferente dela é super querido pelos colegas. Os que os dois não contavam é que ao adormecerem em um livro de contos de fadas acordariam e dariam de cara com eles. A peça toda se passa no sótão com a ideia de que foram parar em uma floresta distante sem saberem como voltar. Um a um, os personagens vão se apresentando e mostrando características bem diferentes daquelas que estamos acostumados a ver nos Contos de Fadas tradicionais”.

Sinopse: “Imagina se os personagens de contos de fada fossem mais atuais? Com características que vemos em pessoas comuns hoje em dia. A Cia. Calegari convida você para o espetáculo que apresenta a história de dois amigos que entraram em um livro de contos de fadas ou que acharam que entraram em um livro de contos de fadas ou que sonharam que estavam em um livro de contos de fadas... Confuso né? Quer saber o que acontece? Então te esperamos para se divertir conosco. Personagens: Nora, Alex, Branca de Neve, Willian (príncipe), Chapeuzinho Vermelho, Caçador, Lobo, Bela, Fera, Madrasta, Pinóquio, Rapunzel, Isabella (Crepúsculo), Edward, Bruxa, João, Maria”.

Ficha Técnica: Direção - Danilo Calegari; Elenco: Amanda Lemes, Eduardo Werneck, Mariane Martins, Renan Cruz, Larissa Fillho, Douglas Resendy, Odvan Andrade, Samanta Lemes, Caio Albarelo, Marcela Bhueno, Matheus Corrêa, Letícia Oliveira, Daniele Barcelos, Bruno Marchetti, Edmáisson Felipe, Marcos Caettano, Tatiani Faria.

> Luxúria - Cia. Teatral Intervalo (15,24%) - Linha de direção e proposta cênica: “O espetáculo traz para o palco realidades diferentes que se misturam. E essa relação se dá aos seus pecados cometidos. Seis personagens em cena. Onde os artistas que não estão envolvidos na trama central da cena se tornam um reflexo da lembrança. Assim, todos participam ativamente em cena, se fazendo memórias dos sentimentos, uns dos outros. Envolvendo músicas que dão o tom a cada sentimento/pecado, relatado. ‘Luxúria’ é um espetáculo que vai de encontro aos limites sociais e suas regras, de tudo que a sociedade coloca como diferente ou esconde. Pois todos se igualam em seus pecados. E não têm pecado grande ou pequeno. E pecar acaba sendo delicioso. A peça passa pelos sete pecados capitais e os coloca misturados sempre ao pecado da Luxúria. Pois um pecado nunca vem sozinho”.

Sinopse: “A trama mostra desde dramas e preconceitos, que escorrem em momentos de ira, a sedução que um ato de inveja pode ter. A preguiça para evoluir, que leva a necessidade de mudar ou buscar outros caminhos. A fome de alimentar o corpo de várias formas. E desliza pelos pecados, com música, misturando comédia, drama, tragédias e sensualidade. Sem quebrar os limites. Afinal, o que é limite? Qual o seu limite? Cada um tem o seu. Então, estamos prontos para descobrir qual limite você pode ter. Sete são os pecados. E todos se encontram em um único espetáculo”.

Ficha Técnica: Direção e Autor - Paulo Cesar Rabello; Coreografias - Thalia Gonçalves e Jessica Araújo; Elenco - Jessica Araújo, Thalia Gonçalves, Gabriella Victorino, Gabriel Lancaster, Paulo César Rabello, Caio Moraes.

_______________________________________________________

Os classificados para a final do Prêmio OLHO VIVO 2017

1 - Modelo Feminino (confira as dez indicadas)
. As três mais votadas: Pamela Suelen, Estefânia Logmar e Duda Nawar.

2 - Performance - Dança (confira os dez indicados)
. Os três mais votados: Júlia Martins, Lissiana Schlick e Mazinho Miranda.

3 - Modelo Masculino (confira os dez indicados)
. Os três mais votados: Leandro Braga, Warley Santanna e Pedro Henrique Mezzabarba

4 - Instrumentista (confira os dez indicados)
. Os três mais votados: Wallace Gregório, Jorge Eduardo e Gilson Oliveira.

5 - Fotógrafo (confira os dez indicados)
. Os três mais votados: Gusttavo Lacerda, Ju Henriques e Taynara Arantes

6 - Ator (confira os dez indicados)
. Os três mais votados: Thiago Freire, Lancaster Gabriel e Jesus Vinícius.

7 - Artista Plástico (confira os dez indicados)
. Os três mais votados: Oswaldo Fernandes, Dirlene Tavares e Adriana Jacob.

8 - Atriz (confira as dez indicadas)
. As três mais votadas: Amanda Araújo, Duda Motta e Monica Melanie.

9 - Poeta (confira os dez indicados)
. Os três mais votados: Paulo Cesar Rabello, Gabriel Sam e Amanda Citelly.

10 - Intérprete (confira os dez indicados)
. Os três mais votados: Rany Silveira, Cassio Cesar e Rafaela Rodrigues.

11 - DJ (confira os dez indicados)
. Os três mais votados: Colombia, Leticia Sabatinni e Bruno Bernardino.

12 - Dupla (confira as dez indicados)
. As três mais votadas: Zé Vithor & Cuiabá, Max Oliveira & Gustavo e Márcio Henrique & Gabriel.

13 - Grupo de Pagode/Samba (confira os dez indicados)
. Os três mais votados: Pura Amizade, Opsamba e Ziriguidum.

14 - Banda (confira as dez indicadas)
. As três mais votadas: Orunaiyê, Circunlókios e Piramidal.

15 - Conteúdo Digital (confira os dez indicados)
. Os três mais votados: Salada mixta (Canal), Escolhido (Série - Produtora Vibe) e Monique Theodoro (Canal).

16 - Clipe (confira os dez indicados)
. Os três mais votados: Feito café (Feito Café), Ele e a pequena (Luiz Garcia) e Moça (Peter Jane) 

17 - CD/EP (confira os dez indicados)
. Os três mais votados: Pense alto (Acemira), Foto síntese (Vitor Karyello Trio) e Rock caiçara (Moeda Paralela). Rafael SM, do disco Filho volta, não cumpriu o prazo para envio do material solicitado pelo site e foi desclassificado.

18 - Livro (confira os dez indicados)
. Os três mais votados: Viagem ao meu interior (Natália Faria), As crônicas do Sill (Edson Sill) e O que é o amor: 101 reflexões para se viver todos os dias (Artur Rodrigues).

19 - Canção (confira as dez indicadas)
. As três mais votadas: Brisa do vento (Edmar dos Santos Azevedo - Pura Amizade), Castelo de areia (Acemira) e Não sou obrigada (Manaíra Silva).   

20 - Espetáculo (confira os dez indicados)
. Os três mais votados: Censurado (Cia. de Teatro Arte em Cena), Um conto nos contos (Cia. Teatral Calegari - Oficina de Atores) e Luxúria (Cia. Teatral Intervalo).

_______________________________________________________

Por .Cláudio Alcântara  –  claudioalcantaravr@hotmail.com

Seja o primeiro a comentar

×

×

×