Publicidade

RH

Mais Visibilidade

Bienal do Livro de Volta Redonda ganha versão virtual

Realizada pelo Instituto Dagaz, quarta edição do evento gratuito acontece de 4 a 7 de novembro

Cidades  –  09/10/2021 12:29

 
bienal

(Fotos: Divulgação)

_______________________________________________________

Marinez Fernandes: “Com o tema ‘Periferia Conectada’, o foco será destacar o potencial da arte nascida na periferia e, sobretudo, colocar o jovem na posição de protagonista no âmbito cultural”  

_______________________________________________________

A quarta edição da Bienal do Livro de Volta Redonda traz o tema “Periferia Conectada” e será realizada por meio de uma plataforma digital, de 4 a 7 de novembro. A realização é do Instituto Dagaz, em parceria com o Ministério da Cidadania e o Governo do Estado do Rio de Janeiro, por meio das secretarias de Educação, de Cultura e de Economia Criativa. A programação virtual é gratuita e atende a pessoas de todas as idades.

De acordo com a presidente do Instituto Dagaz, Marinez Fernandes, o objetivo da bienal é oportunizar o acesso gratuito do público à arte, promover o encontro entre os autores e leitores, além de proporcionar mais visibilidade para artistas regionais, palestrantes e expositores.

- Nesta quarta edição, o evento passa a ser virtual, por meio uma plataforma, devido à Covid-19 (ela se refere à pandemia do novo coronavírus). O formato possibilita a participação do público de todo o mundo, o que significa mais visibilidade para os artistas e expositores - disse, acrescentando que com o tema “Periferia Conectada” o foco será destacar o potencial da arte nascida na periferia e, sobretudo, colocar o jovem na posição de protagonista no âmbito cultural.

Serão quatro dias de evento. Dentre atrações confirmadas estão: As Matriarcas do Samba (música), Circo do Macaco Prego (Teatro Musical) e Bia Bedran (História Cantada). Dos artistas da região sul fluminense, o raper Thiago Elninõ, grupo As Sublimes, a cantora Daiane Landim, entre outros. 

A estrutura do evento

. Estandes - Destinados aos editores, lojistas e coletivos de literatura e poesia exporem e comercializarem seus produtos. Contará com estandes virtuais, divididos em setores de afinidade: Literatura Infanto-Juvenil, Adulto, Livros Técnicos, Autoajuda e Religião, além dos livros didáticos e espaços para sebos, novos talentos e jornaleiros.

. Sala Sarau - Destinada às atividades afins, oferece acesso à área para apresentações de recitais de poesia.

. Sala Cinema Cineclube Dagaz - Espaço para projeções de vídeos e filmes que promovam o fomento de ideias, novas visões e leituras de mundo através de diálogos que unam o conhecimento científico com o saber popular.

. Sala Contação de História - Espaço destinado à contação de histórias, onde contadores de toda a região levarão aos internautas o universo fantástico dos livros e contos infantis.

. Novidade: Espaço Gastronomia Cultural - Área destinada à venda de pratos e aperitivos especiais, vídeos de chefes com receitas e bate-papo gastronômico.

. Palco Principal - Espaço destinado para palestras e apresentações com convidados especiais. Abertura de show virtual da Bia Bedran.

. Sala de Palestras - Espaço destinado a autores e convidados palestrando sobre temas relevantes dentro do tema da Bienal.

Como se inscrever

As inscrições para a participação de autores e editoras, para as salas virtuais, estão abertas até o dia 15 de outubro. Assim como para lojistas, instituições de educação e cultura e novos talentos locais e regionais que queiram participar com a mostra e comercialização de produtos por meio dos estandes virtuais. Além dos quatro dias de evento, os estandes funcionarão na plataforma pelo período de um ano. Inscrições pelo e-mail - institutodagaz@hotmail.com

O que é o Instituto Dagaz

O Instituto Dagaz é uma ONG (Organização Não-Governamental) de Volta Redonda, fundada em 2009. Com o principal objetivo de atender crianças e jovens, oferece aulas gratuitas de balé, capoeira, circo, dança afro, futsal, música, rugby e teatro. Essas atividades compõem o Condomínio Cultural, sede da ONG abrigada no Ciep 299 - Jiulio Caruso, no bairro Santo Agostinho. A localização, em uma área periférica da Cidade do Aço, é, segundo Marinez Fernandes, estratégica para que a população em situação de vulnerabilidade social tenha acesso ao esporte, à cultura e cidadania, descentralizando as oportunidades. Os adolescentes e jovens em cumprimento de medidas socioeducativas também fazem parte do público atendido pelo Instituto Dagaz. Graças à parceria firmada com o Novo Degase (Departamento Geral de Ações Socioeducativas), vinculado à Secretaria de Estado de Educação RJ, a ONG leva atividades e oficinas às unidades de Volta Redonda - para internos reclusos e em semiliberdade do Centro de Recursos Integrados de Atendimento ao Adolescente (Criaad). Com a ampliação da parceria, em março de 2019, as unidades de Barra Mansa e Resende também passaram a receber projetos executados pelo Dagaz.

> IV Bienal do Livro de Volta Redonda - Tema:  Periferia Conectada. Data: 4 a 7 de novembro. Local: plataforma digital. Horário: 9 às 20h. Realização: Instituto Dagaz. Correalização: Instituto São Fernando. Parcerias: Ministério da Cidadania e Governo do Estado do Rio de Janeiro, por meio das secretarias de Educação, de Cultura e de Economia Criativa. Apoio: Prefeitura Municipal de Volta redonda e Fundação CSN. Sede do Dagaz: Ciep 299 Dagaz, Rua Bartolomeu Bueno da Ribeira, Santo Agostinho, Volta Redonda. Telefones: (24) 3027-0458 | (24) 3343-5055.  E-mail: institutodagaz@hotmail.com | Facebook: fb.com/institutodagaz | Instagram: @institutodagaz | Twitter: @institutodagaz | Site: institutodagaz.com.br 

________________________________________________________

Por Assessoria de Comunicação  –  contato@olhovivoca.com.br

Seja o primeiro a comentar

×

×

×