<

Publicidade

DJ

Olho Pop

Cláudio Alcântara

claudioalcantaravr@hotmail.com

Liberdade de Expressão

Acreditar na verdadeira essência do jornalismo

Apostar que ainda é possível informar e discutir questões importantes, sem se preocupar se o dinheiro vai ser liberado no fim do mês

O que arrasa  –  08/09/2012 22:52

41

(Foto Ilustrativa)

Descobrir, mais de 20 anos depois de jornalismo, que é possível sim informar, discutir, debater, opinar, questionar, questões importantes. E, acima de tudo, respeitar as opiniões diversas. Ninguém acerta sempre, mas os erros podem servir para construir um veículo de comunicação alternativo de credibilidade. E a internet, quer queiram ou não, é o canal mais democrático que existe no momento.

Importante: Não se pode esquecer de que liberdade de expressão também exige respeito às regras do bom senso. Mas não há dúvida de que acreditar na verdadeira essência do jornalismo é o primeiro passo para arrasar no mercado competitivo. Todo mundo precisa de dinheiro para levar uma vida decente. Mas nada se compara a trabalhar naquilo que se gosta, sem se preocupar se a grana alta vai ser liberada no fim do mês. Nada mesmo.

Por Cláudio Alcântara  –  claudioalcantaravr@hotmail.com

2 Comentários

×

×

×

  • Giovana Damaceno

    Tenho me decepcionado muito com a profissão e, por consequência, com o lixo cada vez mais fedido que a imprensa produz, por conta do mau caratismo dos grandes detentetores da informação e dos interesses escusos de muitos profissionais envolvidos, desde editores até focas.
    Infelizmente o que ocorre não é privilégio apenas de jornalistas; é defeito no DNA do ser humano, ou seja, aquela velha máxima: "farinha pouca, meu pirão primeiro". Não importam juramentos, não importa nada. Quero tudo pra mim, aqui, agora, neste instante e que se dane o mundo.
    No caso da imprensa e seus profissionais, a coisa chama a atenção porque é onde estão e ao mesmo tempo de onde saem os holofotes.
    teria muito mais a falar sobre isso, mas dá desânimo. Enfim.

  • simone storino

    O juramento é feito com todos que estão formando hoje e que formaram ontem.....Mas colocar em prática aquilo que se propõe e que é direito, nem sempre os profissionais fazem. A classe jornalística é a que mais sofre deste mal caratismo... Está na hora de levantar a bandeira da VERDADE, seja fiel consigo mesmo, não deixe o dinheiro valer mais do que sua integridade.....Valeu Cláudio Alcântara!!!