Publicidade

DJ

Olho Pop

Cláudio Alcântara

claudioalcantaravr@hotmail.com

Bombou Geral

Madonna judia de cerca de 70 mil fãs e mostra quem é a rainha

Diva do pop começou show no Rio com três horas de atraso; público reclamou, mas se rendeu ao espetáculo assim que ela pisou no palco

O que arrasa  –  03/12/2012 20:40

553

(Fotos: Cláudio Alcântara)

Lotado: E como tinha gente no Paqrue dos Atletas!

 

Não tem jeito. Madonna se reinventa a cada novo disco, mas em algumas coisas continua a mesma. Acostumada a deixar o público esperando, em seu primeiro show da turnê "MDNA" no Brasil ela abusou da paciência dos fãs e judiou de cerca de 70 mil pessoas que lotaram o Parque dos Atletas, na Barra da Tijuca, Zona Oeste. Disseram que seria flop, que os ingressos não estavam vendendo bem e tal. Pois bem: O Rock in Rio, que é realizado no mesmo local, precisa de cinco atrações bem populares por dia, para atrair um público de cerca de 100 mil pessoas. Sozinha, a diva chegou perto dessa marca - e olha que os ingressos para o show da loira são bem mais caros. Aliás, só com a venda para a tal pista premium (que estava abarrotada de gente), ela já samba geral na cara da concorrência. A outra cantora, a genérica, que também se apresentou nesse parque recentemente, atraiu apenas 30 mil pessoas. Quem reina absoluta, então?

Saiu na mídia que "Madonna fez um show morno". Eu estava no fim da passarela, onde rola boa parte do espetáculo, e de lá dava para ouvir a galera cantando todas as músicas (algumas com maior empolgação, é claro), incluindo até as canções do CD homônimo à turnê. E quando ela cantou os grandes hits o coro foi geral. Não sei o que a mídia entende por "show morno". A verdade é que boa parte dos colegas que cobre os grandes shows ainda não entendeu o formato que Madonna criou há décadas, e vem aperfeiçoando a cada nova turnê. Sem contar as novatas e as primas pobres que tentam copiar, mas não têm bala na agulha para se igualar e oferecem ao público cenários que parecem de isopor e papelão. É até desrespeito comparar Madonna com "X" ou "Y". Não dá nem pro começo.

Não vou aqui contar como é o show e detalhar o que Madonna faz no palco, porque isso todo mundo já fez. Observei outras coisas que valem a pena destacar.

Dez coisinhas que você não vê em nenhum outro show

1

Arrasa: Madonna ensaia e leva público que chegou cedo ao Parque dos Atletas ao delírio

1 - Escalar um artista, qualquer que seja, para abrir um show da Madonna, é covardia. O Felguk, nome artístico da dupla de DJs e produtores musicais brasileiros Felipe Lozinsky e Gustavo Rozenthal, por exemplo, não merecia ser vaiado. Coitados. O problema é que ninguém vai ao show da loira para ver outra coisa que não seja a Madonna.

2 - As filas são quilométricas e começam muito cedo. E tem de tudo um pouco, ao contrário do que dizem por aí. Tem muito (muito mesmo) gay, mas também tem senhoras, adolescentes e até roqueiros na fila. E de todos os lugares, eu conversei com gente de Minas Gerais, São Paulo, Porto Alegre, Bahia...

3 - Santa Madonna merece muitas preces. Os ambulantes que trabalhavam tranquilamente do lado de fora do parque nunca venderam tanto e por um preço tão alto. Um copo de água não saía por menos de R$ 5. Camiseta era vendida por R$ 35 e se chorasse muito conseguia um desconto de R$ 5. E o pessoal comprava.

4 - Gente reclamando do atraso e quando Madonna pisa no palco nem se lembra que ficou dez horas em pé, boa parte delas no sol, canta dança e pula como se tivesse acabado de levantar da cama e tomado um banho.

5 - Gente que sai do show dizendo: "Nossa, como a Madonna está velha!". Ora, a mulher tem 54 anos. Queria que ela estivesse nova? Todos envelhecem, o difícil é envelhecer com a qualidade de vida e a boa forma física da loira.

6 - Gente que critica a voz ao vivo da Madonna. Mas logo em seguida diz que ela usou playback o show inteiro. Como assim? Ou uma coisa ou outra. Eu consegui identificar esse recurso apenas em "Vogue" (e mesmo assim, em algumas partes da canção, fiquei em dúvida), o resto foi tudo no gogó.

7 - Gente que diz que ela "quase perdeu o fôlego" no show. Vamos combinar: Me diz uma artista que dança o tanto que Madonna dança no palco (ela dança muito, muito mesmo) e não perde o fôlego. Pode botar no pacote as brasileiras Ivete Sangalo e Claudia Leitte (mas essas não dançam, elas pulam, agitam, mas não fazem coreografias elaboradas como a rainha do pop) que não dá nem pro começo.

8 - Tanta desorganização, falta de estrutura no local, preços abusivos em tudo.

9 - Um espetáculo completo, com começo, meio e fim (sem bis) e o que há de melhor em tecnologia. Aberturas que deixam o público de boca aberta - a da "MDNA" é de longe a mais impactante que ela já fez. Canções que se eternizaram, dançarinos inacreditáveis e bom gosto, muito bom gosto, em tudo.

10 - O domínio de público e de palco. Mesmo com três horas de atraso, faz o que quer com o público. E ele se rende, talvez por uma questão de respeito a uma lenda viva do pop.

E dizem que isso é playback... Só pode ser piada

 

E dizem que ela está velha... Mas coloca muita periguete no chinelo 

Confira a galeria de fotos e veja o que rolou no show da Madonna 

2

Provocação: Fã entra na onda e manda recado para a genérica do pop em tarde de muito sol

  • Correria: Com uma hora de atraso os portões são abertos; pernas pra que te quero... Ver Madonna ensaiando não tem preço

  • Debaixo de sol: Adolescentes também enfrentaram fila para ver Madonna

  • Momento único: Corre que Madonna está ensaiando

  • Como era grande: Essa fila era só para a pista premium

  • No palco: Desmontada, sem um pingo de maquiagem, ela canta as músicas do show

  • Santa Madonna: Ambulantes venderam de tudo um pouco e por um preço caro

  • O camarote, lá no funfo: Tão longe, de mim distante...

  • Registro: Ninguém quer perder a chance de fotografar Madonna ensaiando

  • Vaias: Coitados dos DJs que abriram o show; ninguém queria saber deles

  • E não parava de chegar gente... Muita gente mesmo

  • Sentar no chão foi uma forma de aguentar a longa espera pela diva

  • Chuva? Que nada! Ameaçou, ameaçou, mas os deuses estavam do lado da deusa do pop

  • Logo na chegada: Eu e meu amigo Márcio, antes de enfrentar a fila

  • Lá dentro: Prontinho e todo felizão, esperando o início do show

  • A pulseira que dava direito a ver Madonna de pertinho. As fotos do show? Nem pensar, eu curti tudinho sem fotografar

Por Cláudio Alcântara  –  claudioalcantaravr@hotmail.com

Seja o primeiro a comentar

×

×

×