<

Publicidade

Premio

Chá das Cinco

Priscila Messias

priscilachrist@gmail.com

Amadurecendo Ideias

Nossa democracia está em perigo!

Consciência de classe e criticidade são os primeiros conceitos que esse povo de democracia mal saída da vida juvenil precisa

Opinião  –  03/11/2019 20:17

8920

 

(Foto Ilustrativa)

Precisamos, urgentemente, ampliar a discussão para toda população, toda mesmo

 

Nossa Constituição está sofrendo sua crise da maturidade, é hora de se analisar o que foi conquistado até aqui e o que precisa ser aprimorado a fim de proporcionar ao povo brasileiro uma vida menos desigual, ou, talvez, descartá-la e voltarmos a atender apenas a um pequeno grupo privilegiado.

Eu, na minha constante mania de pensar, questiono:

Se nossa democracia, conquistada a duras penas e instituída na Carta Magna, é algo a contribuir para o bom andamento do país e pela busca da igualdade social do seu povo, por que há quem queira extingui-la? E por que aqueles que são beneficiados por ela compram essa briga que irá prejudicá-los?

Entendo que precisamos, urgentemente, ampliar essa discussão para toda população, toda mesmo! Da classe mais alta até pessoas mais carentes de conhecimento e poder aquisitivo. Precisamos trazer à memória como era a vida do brasileiro antes das discussões sobre igualdade social, antes da obrigatoriedade do Estado suster seu povo, até então extremamente explorado e sofrido.

Será que quem deseja o extermínio de nossa trintona democracia seriam pessoas e instituições cujos privilégios vêm sendo questionados? Pois, para que toda uma população tenha uma vida mais igual, é preciso que a balança se equilibre, ou seja, a gente tira mais de um lado para depositar do outro e assim equilibrá-la, caso contrário, nada muda!

O povo brasileiro, principalmente aqueles que viveram qualquer ascensão social, não vem demonstrando interesse em saber como todo o processo de igualdade se procede, nem tão pouco estão preocupados nas consequências para si mesmos do resultado de uma possível implosão de toda trajetória construída até aqui.

Consciência de classe e criticidade são os primeiros conceitos que esse povo de democracia mal saída da vida juvenil precisa. Está na hora de lembrarmos, discutirmos e analisarmos o que queremos pra nós.

Mas, oh! Esse papo todo é culpa dessa cabeça pensante.

Abraços. 

________________________________________________________

Por Priscila Messias  –  priscilachrist@gmail.com

Seja o primeiro a comentar

×

×

×