<

Publicidade

Premio

Sem Defesa

Jovem é suspeito de matar o próprio irmão queimado em Três Rios

De acordo com o registro policial, ele teria confessado ter jogado álcool e colocado fogo na vítima

Polícia  –  10/10/2013 22:09

1824

(Foto Ilustrativa)

Crime teria sido motivado por uma discussão

entre os dois por causa de drogas

 

Welington da Silva Dias, de 20 anos, foi preso ontem, 9, suspeito de ter ateado fogo no próprio irmão. Claiton da Silva Garcia, 24, não resistiu aos ferimentos e morreu. Segundo as investigações preliminares, a vítima estava dormindo quando o irmão jogou álcool nele e riscou um fósforo. O imóvel foi destruído completamente pelo fogo. 

Segundo o registro de ocorrência o homicídio ocorreu na casa dos irmãos, na Rua José Kailu, no bairro União. De acordo com a polícia, as primeiras informações colhidas com pessoas próximas às vítimas indicam que o crime tenha sido motivado por uma discussão entre os dois por causa de drogas. A polícia está investigando essa informação. Ainda segundo informações da polícia, Weliington da Silva teria tentado fugir, mas foi encontrado nas proximidades de um campo de futebol no bairro. 

De acordo com o registro policial, na 108ª DP (Três Rios) ele teria confessado ter jogado álcool e colocado fogo no irmão e foi indiciado por homicídio qualificado, pelo crime ter sido praticado por motivo fútil, e porque a vítima estava dormindo quando foi queimado, ou seja, não teve como se defender do ataque. 

Menores apreendidos com arma e drogas em Barra do Piraí 

No bairro Califórnia, dois menores foram apreendidos na tarde de hoje, 10, com drogas e um revólver calibre 38. Um dos jovens foi flagrado com maconha, na Rua 3, por PMs que faziam ronda pelo bairro. Os policiais acompanharam o menor até uma residência onde encontraram o segundo jovem e um revólver calibre 38, com numeração raspada e cinco munições. 

Segundo a polícia, os menores teriam confessado que fazem parte de uma facção criminosa e que a arma seria usada para se defenderem de gangues rivais. 

Três jovens baleados em Resende 

Na noite de ontem, 9, a polícia registrou três tentativas de homicídio contra jovens. Uma das vítimas era um menor de 15 anos, as outras duas - jovens de 19 e 20 anos. Bryan Alessandro de Oliveira, de 20 anos, foi baleado nas costas, no bairro Nova Liberdade. Ele foi levado para o Hospital de Emergência da cidade. O estado de saúde da vítima não foi informado. A polícia informou que não há informações sobre o suspeito. 

Já Paulo Henrique de Almeida Rodrigues Junior, 19, e um menor de 15 anos foram baleados na Cidade Alegria. A polícia apurou que os autores dos disparos estavam em uma moto e que eles chegaram atirando contra os jovens. As vítimas também foram socorridas no Hospital de Emergência de Resende. 

De acordo com a polícia, uma das hipóteses prováveis é que os crimes podem ter sido praticados por rixa entre jovens de bairros distintos de Resende ou tráfico de drogas. A polícia vai aguardar a recuperação da saúde dos três baleados para intimá-los a comparecer na delegacia para prestarem depoimentos. 

Em menos de 24 horas três crimes
com a participação de jovens
 

É lamentável que cada dia aumente a incidência da participação de jovens em crimes em todo o país. Na região não está sendo diferente, pelo menos três ocorrências policiais registradas entre ontem e hoje - menos de 24 horas - relata o envolvimento de seis jovens (dentre eles três menores) em delitos graves. Por isso se faz necessária a discussão em torno da redução da maioridade penal no país. Porque essa discussão, em minha opinião, pode impulsionar uma mudança real e imediata nos sistemas educacional e prisional.

Por Elisandra Bezerra  –  elisandra.jornalista@gmail.com

Seja o primeiro a comentar

×

×

×