Publicidade

RH

Fomento da Cultura

Pinheiral cadastra agentes culturais, espaços e coletivos

Objetivo é atualizar, mapear e orientar a implementação e gestão política cultural da cidade, já considerando os critérios que a Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc determina

Cidades  –  28/06/2020 20:10

A Prefeitura de Pinheiral, por meio da Secretaria Municipal de Esporte, Cultura, Lazer e Turismo (SEMECULT), em parceria com o Conselho Municipal de Política Cultural, está atualizando os dados culturais do município, mapeando agentes culturais, espaços e coletivos da cidade. Para isso, com o objetivo de orientar a implementação e gestão política cultural de Pinheiral, já considerando os critérios que a Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc determina, foi disponibilizado um cadastro mais completo, elaborado juntamente com o Conselho, que será utilizado junto às ações da Lei de Emergência Cultural. 

O cadastro facilitará o Departamento de Cultura e o Conselho Municipal na realização de trabalhos e, também, na execução dos recursos da PL 1075/2020, Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc, que já foi aprovada. A lei destinará recursos diretos do Fundo Nacional de Cultura aos estados e municípios para utilização e fomento da cultura local, por meio de editais, auxílio a entidades e coletivos culturais, além de disponibilizar um Auxílio Emergencial para agentes culturais que não receberam o auxílio do governo federal criado em decorrência da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). 

Para Júlio Barbosa, secretário da SEMECULT, o auxílio virá num momento importante devido a todo o transtorno causado pela pandemia.

- Todos nós gestores culturais, estamos envolvidos com os fazedores de cultura e estamos esperançosos para dar um fôlego à classe cultural, que foi muito afetada pelos impactos da pandemia. Por isso, o cadastro para que Pinheiral tenha uma orientação de como e onde utilizá-la - comentou.

O cadastro para o mapeamento pode ser feito pela internet (clique aqui) e também por telefone, ou presencialmente, com agendamento pelo número (24) 3356-6744 ramal 224 (Silvio ou Wanessa). É importante que todos façam o cadastro, visto que para receber os recursos a Lei de Auxílio Emergencial à Cultura tem como exigência que o solicitante faça parte de algum cadastro cultural. 

________________________________________________________

Por Assessoria de Comunicação  –  contato@olhovivoca.com.br

Seja o primeiro a comentar

×

×

×