<

Publicidade

Premio

História Documentada

Firjan lança Memória da Indústria

Plataforma digital reúne registros históricos sobre a transformação do ambiente de negócios no Estado do Rio, destacando a chegada da CSN e do polo industrial do Sul Fluminense

Ciência e tecnologia  –  05/01/2018 09:50

Publicada: 27/12/2017 (17:03:58) . Atualizada: 05/01/2018 (09:50:39)

1

(Fotos: Divulgação)

Portal traz registros de eventos emblemáticos, documentos e pontua decisões estratégicas

O Sistema Firjan lançou a plataforma digital Memória da Indústria, que marca os 190 anos da trajetória da Federação. O portal reúne informações, curiosidades e mais de 150 imagens históricas sobre a transformação do ambiente de negócios no Brasil e no Estado do Rio, destacando também as ações da organização, fundada em 1827 como Sociedade Auxiliadora da Indústria Nacional (Sain), que passou a ser chamada de Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro, em 1975. 

O site traz registros únicos de eventos emblemáticos, como o Centenário da Abertura dos Portos do Brasil, na Praia Vermelha, na Urca, em 1908, que apresentou em 30 pavilhões a história, a economia e a cultura do país. Há referências também a Primeira Exposição Nacional de Produtos Naturais e Industriais, que aconteceu em 1861, com apoio da Federação, na antiga Escola Central, onde hoje funciona o Instituto de Filosofia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), no Largo de São Francisco, no Centro. 

O portal também pontua decisões estratégicas que afetaram diretamente a transformação da indústria, a exemplo das taxas alfandegárias no século XIX, e a inauguração da primeira escola noturna de preparação para trabalhadores da indústria, em 1870, representando os primórdios do Senai (posteriormente inaugurado em 1942). Em 22 anos, as escolas da Sain atenderam mais de cinco mil alunos.

_______________________________________________________

Clique e acesse o Memória da Indústria, que marca os 190 anos da trajetória da Firjan e sua importância no desenvolvimento da indústria fluminense e do país 

_______________________________________________________

Entre os documentos que marcaram o desenvolvimento da indústria no país, chama a atenção o decreto da primeira lei de patente, assinado por D. Pedro I, que colocou o Brasil como um dos pioneiros a conceder prazos de duração de patentes para proteger invenções. 

A plataforma reúne ainda marcos fluminenses na industrialização do país, com referências à inauguração da Avenida Brasil, em 1946, e da Via Dutra, em 1951, responsáveis pela descentralização da indústria no estado. A fundação da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), em 1941, em Volta Redonda, Sul do Estado do Rio, foi um dos mais importantes marcos da industrialização do país, o início do surgimento das grandes empresas estatais brasileiras, que incrementaram o processo de industrialização nacional. 

Outros empreendimentos do Sul Fluminense que receberam destaque foram, por exemplo, a instalação da primeira montadora da região, a Volkswagen, em 1996, no município de Resende, que veio para estimular a economia na região. Dois anos depois o governo do Rio de Janeiro assinou um acordo para a construção do Polo Industrial Brasil (PIBR), em Porto Real. Lá seria instalada, em 2001, a PSA Peugeot-Citroën, atraindo empresas produtoras de peças e sistemas do setor automotivo.

_______________________________________________________

Por Assessoria de Comunicação  –  contato@olhovivoca.com.br

Seja o primeiro a comentar

×

×

×