<

Publicidade

Premio

Olho Pop

Cláudio Alcântara

claudioalcantaravr@hotmail.com

Sem Fins Lucrativos

Projeto Estive Aqui completa 5 anos na luta contra o câncer de mama

Trabalho 100% social eleva a autoestima de mulheres, por meio de oficinas com lenços e maquiagens

Entrevistas  –  26/06/2019 12:15

8529

 

(Fotos: Divulgação)

Aniversário será em 9 de outubro e para marcar a data rifas estão sendo vendidas; dinheiro arrecadado vai para a locação do espaço e buffet, onde acontecerá um coquetel

 

O Estive Aqui nasceu em meio a dor e saudade, depois que Uesllen Francisco perdeu uma grande amiga com câncer de mama. Ela era muito vaidosa, alegre e não deixava nada a abater. Foi então que o fundador do projeto resolveu ajudar as mulheres que enfrentam o câncer, elevando sua autoestima, por meio de amarrações de lenços, turbantes e ensinando automaquiagem. O Estive Aqui completa 5 anos em 9 de outubro e para marcar a data rifas estão sendo vendidas. O dinheiro arrecadado será para a locação do espaço e buffet, onde acontecerá um coquetel. 

- Nosso primeiro encontro nasceu em uma pequena sala de maquiagem, no prédio da Cruz Vermelha em Volta Redonda, em 2014. No aniversário de 5 anos do projeto vamos receber pacientes que foram assistidas pelo Estive Aqui e comemorarmos o Outubro Rosa, além de conscientizarmos sobre a importância de fazer exames anualmente e se cuidar - conta o maquiador e designer de turbantes. 

Como o projeto é 100% social e não tem fins lucrativos, amigos doaram algumas coisas para a rifa. Ingressos com preços simbólicos serão vendidos para ajudar também.   

Confira a entrevista com Uesllen Francisco

Uesllen_1

_______________________________________________________

"Tudo no início é muito difícil, mais quando colocamos Deus na frente tudo flui naturalmente e dá certo"

_______________________________________________________

Qual a filosofia do projeto e quantas pessoas estão envolvidas diretamente e indiretamente com ele? 

"Solidariedade, a dor do outro doendo em mim."
Não existe um número certo de pessoas dentro do projeto, sempre que nos reunimos para um evento, Deus levanta pessoas para contribuir de alguma forma, levando amor e carinho a todas as guerreiras que vêm lutando por sua cura, através de oficinas, bate papo e muitas outras atividades. 

Nesses 5 anos de projeto, em média, quantas pessoas já foram beneficiadas e de que forma? 

As maiores beneficiadas são todos que passam pelo tratamento, algumas causas sociais que abraçamos, que aparecem no decorrer dos dias, tanto em cirurgias, alimentos, vestimentas e sempre que podemos fazemos mobilizações em prol de alguma causa, não somente relacionada ao câncer, como asilos, escolas e famílias carentes. 

De que forma as pessoas podem colaborar ou se engajar mais diretamente ao projeto? 

Podem divulgar nosso trabalho em suas redes, podem colaborar doando lenços para que sejam realizadas oficinas em hospitais, casa de pacientes, e logo após possamos doar para elas. E quem tem interesse em ajudar no projeto deve entrar em contato conosco, colocando sua ideia para que possamos amadurecer um jeito de encaixá-la, e essa corrente de solidariedade e amor aumente. 

Qual o comparativo que você faz, do início do projeto aos dias de hoje? As pessoas estão mais propensas a colaborar? Ou não? 

Tudo no início é muito difícil, mais quando colocamos Deus na frente tudo flui naturalmente e dá certo. Hoje o projeto tem uma força muito grande dentro de hospitais, nas redes sociais, em mobilizações, todos querem ajudar compartilhando, participando doando o que é sugerido para a ação social, seja ela lenços, fraldas, alimentos etc. Quando fazemos as coisas com transparência e seriedade alcançamos bons resultados. 

_______________________________________________________

"Façam com que sua passagem sobre essa terra marque a vida das pessoas de uma forma boa, aprendam tudo que puderem aprender, façam o bem"

_______________________________________________________

O cenário político/econômico/social de um país reflete diretamente no aumento do número de pessoas que precisam cada vez mais de ajuda. Você sente isso aqui na região? 

Com certeza! Infelizmente os governantes, em vez de governar para o povo, que é esse o verdadeiro papel de um político, vem governando para si próprio. É onde vemos poucas oportunidades de emprego, uma Educação com deficiência no ensino porque não há estímulos, tanto para os alunos quanto para os professores, e uma Saúde doente e cheia de falhas. 

O que é mais gratificante em participar de um projeto como o Estive Aqui?  

Saber que podemos ser úteis na vida de alguém que precisa e praticar o amor ao nosso próximo. Ver um sorriso no rosto de uma pessoa que se encontra desacreditada e sem perspectiva devido às circunstâncias, nos dá mais vontade e força de avançarmos e trilhamos nossa missão sobre essa terra.   

O projeto atua diretamente em Pinheiral. Mas está aberto a outras cidades?  

Eu sou de Pinheiral, mas o projeto atende onde nos chamam. Atualmente atendemos três estados, levando lenços para os hospitais e dando oficinas de automaquiagem. E estamos aguardando novas oportunidades para atendermos mais estados e, quem sabe, outros países também. 

Que mensagem você deixa para as pessoas? 

Façam com que sua passagem sobre essa terra marque a vida das pessoas de uma forma boa, aprendam tudo que puderem aprender, façam o bem, melhorem a cada dia mais como pessoas, respeitem, amem, sejam verdadeiros com seus sentimentos e mantenham o equilíbrio. 

> Contatos com o projeto Estive Aqui - Instagram: @estiveaqui | @whatsapp: (24) 99948-8860 | Página no Facebook: Estive Aqui 

_______________________________________________________

Por Cláudio Alcântara  –  claudioalcantaravr@hotmail.com

Seja o primeiro a comentar

×

×

×