Publicidade

Premio

Amigo Solidário

Feijoada da CDL-VR bateu recorde de participação

Oitava edição do evento em prol da Apadefi reuniu mais de 1.000 pessoas no Galpon Eventos

Lazer  –  27/08/2018 23:48

(Fotos: João Paulo Cardeal)

_______________________________________________________

Promovida pela CDL Jovem de Volta Redonda, festa conseguiu atrair empresas e colaboradores, que contribuíram comprando camisas, patrocinando o evento e possibilitando uma grande ajuda financeira para a Associação de Pais e Amigos dos Deficientes Físicos de Volta Redonda

_______________________________________________________

Você já imaginou um lugar onde mais de 1.000 pessoas se reuniram para praticar o bem e ainda curtir um domingo em família? Não é fácil sensibilizar tanta gente, mas a Feijoada Amigo Solidário, promovida pela CDL Jovem de Volta Redonda, no domingo, 26, conseguiu atrair essa galera, empresas e colaboradores, que contribuíram comprando camisas, patrocinando o evento e possibilitando uma grande ajuda financeira para a Apadefi (Associação de Pais e Amigos dos Deficientes Físicos) de Volta Redonda. Foi a oitava edição da Feijoada Amigo Solidário e a décima-primeira da Apadefi. Um esforço em conjunto que culminou numa grande festa, com preço único por pessoa, dando direito a bebidas, feijoada, petiscos, sobremesa, drinques, sorteio de uma viagem feito pela 4 Cantos Turismo, e muita música, durante todo o evento.

No palco, a banda Mistureba se apresentou junto com a cantora Preta Gil agitando os convidados. O cantor Victor Yuri e o DJ Felipe Carvalho também colocaram todo mundo para dançar. Teve apresentação da República do Movimento. E as crianças? Tiveram um espaço só para elas.

O projeto da CDL Jovem, apoiado pela Diretoria Executiva, já se tornou uma tradição e vem ganhando força a cada ano. Só para se ter uma ideia, a ideia começou pequena, com apenas 250 pessoas, e, no ano passado, chegou a 450 camisas vendidas, com uma fila de espera de mais 200, sem falar nos patrocinadores que a cada ano fazem questão de participar. A feijoada ficou por conta do Ricardo Buffet, com cerimonial da Novos Eventos. O local escolhido não podia ser melhor. O Galpon Eventos, que fica na Casa de Pedra, tem espaço para mais de 1.500 pessoas, todo climatizado, uma vista incrível e um estacionamento gigante. Quem foi elogiou a organização e disse que foi uma grande oportunidade para fazer o bem.

Para o presidente da CDL Jovem, Gilberto Paiva, este ano, a feijoada foi inovadora e desafiadora. 

- Inovamos com vendas online, o que ampliou o público para a venda de ingressos e tivemos o desafio de fazer um evento para mil pessoas. Não é fácil vender tantas camisas, mas, tanto nossos diretores quanto os da Apadefi, deram o melhor de si para que fosse um sucesso. Ficamos mais do que felizes com o resultado. Fizemos tudo com muito carinho. A Apadefi é uma instituição séria, que atende pessoas que necessitam de acompanhamento e poder ajudar vai além da responsabilidade social, faz bem para gente como cidadão - afirmou. 

O presidente da CDL-VR, Adriano Santos, elogiou o empenho dos diretores da Jovem, e ressaltou o compromisso da entidade em ter projetos que possam contribuir para melhorar o dia a dia da sociedade. 

- É muito bom ver que as pessoas acreditaram no evento, compraram a camisa, patrocinaram e ainda se divertiram, ajudando uma instituição tão compromissada como a Apadefi. Os diretores da CDL Jovem estão de parabéns por todo o trabalho, que não foi pouco, para fazer desse domingo, uma grande festa - disse.

Também foi realizado um leilão para aumentar ainda mais a arredação do que será doado para a Apadefi. O jogador do Palmeiras Felipe Melo, que é de Volta Redonda, doou uma camisa autografada, arrematada pelo empresário Felipe de Castro, por R$ 700. Já o casaco doado pelo nadador voltarredondense Tiago Pereira, que ele usou na Olimpíada no Brasil, foi comprado pelo advogado Fernando Malheiros, por R$ 1.300. 

Rodolfo Levenhagen, presidente da Apadefi, falou da importância desse evento para manter a qualidade da instituição. 

- É sempre um desafio para mantermos e ampliarmos nossos atendimentos. Esse evento mostra a importância de contribuir para instituições como a nossa. Os tratamentos e equipamentos são muito qualificados, então precisamos desse recurso. Essa festa será de uma ajuda imensa - disse. 

A Apadefi faz os atendimentos sem custos para os pacientes, que hoje são aproximadamente 400, e ainda conta com 30 funcionários.

_______________________________________________________

Por Assessoria de Comunicação  –  contato@olhovivoca.com.br

Seja o primeiro a comentar

×

×

×