Publicidade

ProMusica

Olho Pop

Cláudio Alcântara

claudioalcantaravr@hotmail.com

Eleições 2012

Justiça impede que "Correio de Notícias" circule em Piraí

Juiz entendeu que o jornal está beneficiando um dos candidatos; "Correio" vai recorrer ao Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro

Política  –  26/09/2012 16:25

163

(Foto: Divulgação)

Margareth de Lena Costa disse que os

advogados do jornal estão despachando

o recurso contra a decisão

O “Correio de Notícias” foi notificado ontem, 25, pela Justiça Eleitoral de Piraí, sobre uma decisão liminar proferida pelo juiz eleitoral impedindo o jornal de circular na cidade. O juiz Glauber Bitencourt Soares da Costa entendeu que o “Correio” está beneficiando um dos candidatos. A multa, caso a liminar seja descumprida, é de R$ 50 mil por cada descumprimento. A ação foi movida pela coligação Aliança Popular Progressista. A diretora-presidente do jornal, Margareth de Lena Costa, disse que o “Correio de Notícias” vai recorrer ao TRE/RJ (Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro), procurando revogar a decisão.

- Os advogados do jornal estão se movimentando para logo mais estarem no Tribunal, despachando o recurso contra essa decisão, que entendemos arbitrária e que caracteriza uma censura prévia para o jornal - disse.

Distribuição porta a porta

Em um trecho da decisão, o juiz argumenta que “o representante acostou aos autos filmagem em que o candidato, com notícias favoráveis, é flagrado distribuindo o periódico em praça pública”.

Segundo Margareth, o jornal vem sendo distribuído regularmente aos moradores há mais de três anos, porta a porta. 

- Não tivemos o direito à ampla defesa, o que nos permitiria demonstrar que o candidato da situação estaria recebendo o mesmo benefício de espaço em nossas edições - comentou. 

De acordo com a diretoria do jornal, as eleições em Piraí, como em Volta Redonda, vêm merecendo destaque em suas edições, sendo assegurado aos candidatos a igualdade nas notícias que são publicadas.

Jornal circula há três anos em Piraí

O diretor geral do “Correio de Notícias”, Ricardo Guimarães, informou que o jornal circula em Piraí há mais de três anos, diariamente.

- Os exemplares são entregues nas residências por pessoas contratadas pela empresa. A forma como os exemplares vêm sendo distribuídos em Piraí há mais de três anos é a mesma, ou seja, porta a porta, gratuitamente - afirmou.

Conforme Ricardo Guimarães, nesta eleição não está sendo diferente e a empresa continuou entregando regularmente o jornal na forma anteriormente adotada.

- O jornal está sendo impedido de veicular matérias alusivas às eleições, sejam positivas ou negativas, sobre os dois candidatos - lamentou.

Confira trechos da nota oficial do “Correio de Notícias”

O jornal “Correio de Notícias”, órgão noticioso que circula diariamente em várias cidades da região sul fluminense, inclusive na cidade de Piraí, há mais de três anos, vem a público para se dizer surpreendido com a decisão do juiz eleitoral da 30ª Zona Eleitoral de Piraí, que impede sua circulação na cidade e a publicação de qualquer notícia referente às eleições de 2012, sejam essas notícias positivas, ou negativas (...)

(...) O jornal vem pautando com equilíbrio e correção a publicação de notícias, sejam elas de cunhal eleitoral, sejam elas a respeito de qualquer outro assunto, sempre dentro do mais amplo espírito democrático e de liberdade de manifestação (...)

(...) No que diz respeito específico às eleições, as notícias, que sejam relativas à cidade de Piraí, ou a qualquer outra, o jornal vem oportunizando a todos os candidatos que o procuram um espaço em suas edições, como foi o caso do médico piraiense e candidato a prefeito na cidade, Luiz Antonio da Silva Neves, que, entrevistado, recebeu o mesmo tratamento dispensado ao seu concorrente, o candidato João Gomes Camacho, da oposição (...)

A decisão do juiz Glauber Bitencourt Soares da Costa

Documento1

Decisao2

 

Por Cláudio Alcântara  –  claudioalcantaravr@hotmail.com

Seja o primeiro a comentar

×

×

×