Publicidade

DJWesley

Vai Tarde

Jonas Marins deve trocar comunismo pelo PSD de Kassab

Incoerência partidária de Jonas é comprovada no interesse dele no PSD; legenda é dissidência do DEM, partido de extrema direita

Política  –  26/12/2015 16:25

1

(Fotos: Divulgação) 

Foi mal: Prefeito de Barra Mansa teria chamado jovens comunistas de “bando de drogados” 

> Barra Mansa, uma prefeitura quebrada

Jonas Marins deve deixar o PCdoB para se filiar ao PSD. A informação foi obtida, com exclusividade à coluna “Visão Crítica”, por meio de uma fonte ligada ao próprio Partido Comunista do Sul Fluminense. O convite foi feito pelo presidente nacional e fundador do PSD, Gilberto Kassab, quando esteve em Barra Mansa em julho de 2015. A decisão, porém, não foi tomada ainda porque a "janela" para a filiação partidária nas eleições de 2016 fecha seis meses antes do pleito - portanto, no início do mês de março. Jonas não se pronunciou sobre o assunto. 

- Embora ainda exista na cabeça do Jonas a dúvida em relação à saída do PCdoB, na hipótese da desfiliação, a maior possibilidade seria o PSD - disse a fonte do PCdoB, que preferiu o anonimato. 

3

Saída de Giovani do governo teria sido um dos motivos do interesse do prefeito no PSD

A mudança do partido ganhou força quando o ex-diretor executivo da Susesp (Superintendência de Obras e Serviços Públicos), Giovani Moreira, o homem forte do PCdoB na região e o responsável da ida do prefeito de Barra Mansa para o partido, deixou o governo em agosto passado. Na época, o ex-diretor alegou que teria sido promovido na INB, onde é lotado pelo Ministério de Ciência e Tecnologia. Giovani foi promovido numa estatal, mesmo estando licenciado do cargo federal. 

- A incoerência ideológica partidária de Jonas é comprovada no interesse dele no PSD. A legenda é dissidência do DEM, partido de extrema direita, enquanto historicamente o PCdoB é de esquerda. Ele vai tarde - avalia outra fonte comunista. 

Jonas, “person non grata" desde sempre no PCdoB 

Alas do partido comunista, sobretudo aqueles que levam “ao pé da letra” a ideologia partidária, sempre torceram o nariz para o Jonas Marins no PCdoB. A da juventude é um delas. O prefeito, inclusive, teria chamado os jovens líderes comunistas de Barra Mansa de "bando de drogados" no início do mandato. Porém, foram eles que começaram a articular a vinda de uma universidade pública ao município. Falta de vontade política ou não, a universidade não saiu do papel até agora. 

Furlani, marionete de Jonas Marins 

2

Estratégia política: Vereador Furlani seria candidato para retirar votos de Rodrigo Drable

De acordo com fontes ligadas à Câmara Municipal, o vereador Luiz Furlani seria um candidato "rouba voto". O parlamentar atuaria em regiões da cidade nas quais o colega de parlamento Rodrigo Drable (PMDB) seria forte eleitoralmente, como, por exemplo, a Preferia Leste. Drable é pré-candidato à prefeitura em 2016. A postura de crítica de Furlani contra o prefeito de Barra Mansa não passaria de um teatro, segundo fontes. 

Luiz Furlani está sem partido e a indefinição até agora se deve justamente pela dúvida de Jonas de deixar a legenda comunista ou não. Isso porque, caso o prefeito de Barra Mansa decida permanecer no PCdoB, Furlani seria a cabeça de chapa no PSD.Os dois principais nomes do PSD da região - deputado federal Alexandre Serfiotes (Porto Real) e o parlamentar estadual Nelson Gonçalves (Volta Redonda) - preferiam não comentar a possível ida de Jonas para o partido de Kassab.

Por André Aquino  –  aquino.andre@hotmail.com

Seja o primeiro a comentar

×

×

×