Publicidade

DJ

Olho Pop

Cláudio Alcântara

claudioalcantaravr@hotmail.com

Evolução

Yollan lança música com participação de Murillo Zyess

Lyric vídeo de - Vamos curtir - traz feat. com integrante da primeira cypher LGBTQI+ Quebrada Queer

Cena alternativa  –  13/12/2018 20:09

 

_______________________________________________________

“Ter a participação do Zyess na música é uma honra” 

(Yollan)  

_______________________________________________________ 

Yollan acaba de lançar um lyric vídeo da canção "Vamos curtir", com participação de Murillo Zyess. Nascido e criado na zona sul de São Paulo, Zyess é um rapper e compositor brasileiro, teve seu EP de estreia lançado em agosto de 2017, "No recinto". O disco conta com a faixa "Liga o Mic" (feat. Gu1hgo & Gloria Groove). Este ano, Murillo Zyess passou a integrar a primeira cypher LGBTQI+ Quebrada Queer. 

O grupo Quebrada Queer é formado por seis artistas negros, LGBTs e independentes: Murillo Zyess, Guigo, Harlley, Lucas Boombeat, Tchelo Gomez e Apuke. Eles fazem o hip-hop de base para seus sons somando com outros estilos como R&B, afropop e dancehall. O grupo tem o intuito de disseminar suas vivências e sentimentos através da música negra periférica independente, agregando e aquecendo o cenário LGBT, ocupando espaços culturais, com mensagens de conscientização, respeito e positividade. 

- Ter a participação do Zyess na música é uma honra - diz o artista de Diadema (SP) que tem um EP lançado, “1994”. 

 48362342_515071165680125_4363577040616554496_n

_______________________________________________________

Yollan canta desde pequeno, por diversão; começou no cenário artístico no teatro, interpretando e cantando 

_______________________________________________________

O disco “1994” reúne quatro faixas, com destaque para a primeira música de trabalho, “Se você quiser”. Mas a canção principal é a que dá o nome ao disco. 

Yollan conta que escreveu a música “1994” para o seu pai, com a versão dele da história de casado com a mãe. O disco tem como estilo o RnB/pop e todas as faixas foram compostas por ele. A faixa que abre o EP é “Chupando pirulito”. É a mais ousada do disco e tem segundas intenções. Ele diz que, quando ganhou a beat do produtor, já sabia o tema que iria fazer em cima dela. 

- É um pop forte que não precisa de refrão, uma influência muito presente nessa faixa é a cantora Kelly Rowland, do Destiny´s Child - fala. 

Na sequência, tem a dançante “Eu quero ser seu homem”, considerada por Yollan uma música fácil, pois é bem repetitiva, intencionalmente. 

- Quando escrevi, minha intenção foi ter uma música que eu pudesse cantar e dançar na balada, e músicas assim na maioria das vezes são repetitivas, com uma beat marcante. Enquanto escrevia, lembrava dos jovens de hoje, daqueles que estão sempre na noite curtindo, e foi muito fácil escrevê-la. Quem me conhece sabe que essa faixa tem Chris Brown como influência desde a beat à letra. 

Já “1994” vem para quebrar essa vibe sensual e dançante do disco. 

- Foi difícil de escrever, fui compondo e lembrando da história dos meus pais. Ela fala de traição, ciúmes, rejeição de uma filha fora do casamento, perda, sofrimento de todos os lados, 1994 foi o ano da separação deles, por isso o nome da música. O RnB carregado da mais emoção na letra, eu me questionei se lançaria essa música ou não, a primeira pessoa que ouviu a faixa foi minha mãe, ela ficou chocada. Essa faixa é a minha favorita do EP - enfatiza. 

Por fim, a conhecida “Se você quiser” é a mais pop do disco, por isso foi o carro-chefe do disco. 

- Quando fui para o Rio de Janeiro, estava na dúvida entre ela e “Eu quero ser seu homem”, como primeira música a ser lançada, pois são as músicas mais comerciais do disco. Essa música teve muita influência de Justin Bieber, Austin Mahone, é bem teen. Já o clipe teve mais influência da Beyoncé e Chris Brown. 

Embora não conheça Volta Redonda, Yollan está interessado em colocar em prática um intercâmbio entre os artistas das duas cidades. 

- Muito interessante essa ideia, é sempre bom um artista apoiar, ajudar e divulgar o trabalho do outro. O intercâmbio seria uma forma de alcançar um público que você ainda não tem, por não conhecerem seu trabalho - diz. 

Do Rio de Janeiro, ele conhece o cantor Boivi, Mr Rick, Calvin Brad, o grupo Tudosoul, Tommy Back e Alex Drey. Influenciado por artistas como Beyoncé e Chris Brown, Yollan canta R&B (Rhythm and blues) e pop. Segundo o cantor, não se prende a nenhum estilo musical, cresceu ouvindo de tudo um pouco, o que foi ótimo. 

- Só que o R&B sempre chamou minha atenção. Tem muitos artistas que me fazem querer seguir esse gênero, como Kelly Rowland, Ciara, Chris Brown, Beyoncé, Aaliyah, entre outros. 

Yollan canta desde pequeno, por diversão. Começou no cenário artístico no teatro, interpretando e cantando, descobrindo o que queria como profissão. Afastou-se do teatro e iniciou aulas de canto. Pela internet, encontrou um produtor e gravou uma música. 

Vamos curtir 

. Composição: Yollan e Murillo Zyess
. Produção Musical: Policiano Beats
. Gravação/Mixado, Masterizado: RefugiAudio-Estúdio | BASE MC
. Lyric Vídeo: Artset7 Studio
. Arte: @Moobzzy

_______________________________________________________

 

Por Cláudio Alcântara  –  claudioalcantaravr@hotmail.com

Seja o primeiro a comentar

×

×

×