Publicidade

RH

Olho Pop

Cláudio Alcântara

claudioalcantaravr@hotmail.com

Uma Década de Arte

Gabriel Rocha expõe no Premium Café

Artista faz retrospectiva de sua carreira, reunindo 17 quadros; obras acadêmicas e modernas estão em mais uma edição do projeto Café & Arte

Cena alternativa  –  22/06/2022 12:25

 
Creme Ovos de Páscoa Páscoa Cartão_17

(Fotos: Divulgação)

_______________________________________________________

“Trajetória 10 Anos” pode ser vista até 21 de julho, de segunda-feira a sábado, das 11 às 22h

_______________________________________________________

Obras acadêmicas e modernas. “Trajetória 10 Anos” faz uma retrospectiva da carreira de Gabriel Rocha. São 17 quadros e um pacote extra com vários desenhos. As dimensões variam de 16 x 24cm e 50 x 120cm. A abertura da exposição, que faz parte do projeto Café & Arte (coordenado pelo artista visual Zaqueu Pedroza), será no dia 22 de junho (quarta-feira), das 18 às 22h, no Premium Café, em Volta Redonda. Visitação: até 21 de julho, de segunda-feira a sábado, das 11 às 22h.

- Trago quadros que me acompanham desde a época de aprendizado, como a obra “Amor”, de 2015, e vários desenhos. Todos mostram como eu fui me desenvolvendo ao longo desses anos. Estou na busca pela definição de um estilo artístico, então, atualmente, sou adepto do estilo impressionista. Há dois anos que eu estudo e pratico nesse estilo, minha exposição traz obras acadêmicas, que vieram do meu tempo de aprendizado com a Adriana Jacob, e modernas - detalha o artista, de 22 anos.

Não é a primeira exposição individual do Gabriel Rocha. Ele conta que bem novinho, com 12 anos, ocorreu em uma mostra cultural do Colégio Themis de Almeida Vieira. Após isso, em 2019, fez uma pequena exposição no Corredor Cultural da Fevre (Fundação Educacional de Volta Redonda), sob orientação do seu ex-professor e amigo Tonn Maia.

- Mas, paralelo a isso, sempre participei de muitas mostras coletivas, sempre ocorriam no mês de maio, no Salão de Artes Plásticas. Eu costumava expor na Galeria Zélia Arbex, na Câmara Municipal de Volta Redonda, na Galeria de Arte Cílio Bastos (Gacemss). Mas participar de projetos como o Café & Arte é um prazer. Representa o pontapé inicial que pode desenvolver para algo muito maior.

Movimento cultural

Creme Ovos de Páscoa Páscoa Cartão (1)_1

Gabriel Rocha sente falta de uma movimentação maior envolvendo as artes visuais em Volta Redonda.

- Sinto que o movimento das artes já teve mais força há alguns anos. Havia vários festivais, alguns premiativos, muitas exposições, conferências. As pessoas batiam papo, trocavam conhecimento, analisavam os trabalhos umas das outras. Eu notei que houve uma enfraquecida, uma falta de incentivo a mais, sabe? E tantos artistas, como eu, ainda mais em cidades do interior, só estão esperando por uma oportunidade de conseguir mostrar o seu trabalho e se expressar. Por isso, acredito que estejam abertos a uma boa oportunidade - enfatiza.

Na opinião de Gabriel Rocha, a maior dificuldade que um jovem artista enfrenta, quando resolve se dedicar às artes visuais, é manter a disciplina.

- Quando se é jovem, vêm muitas cobranças, de si próprio ou das pessoas ao redor. E pra se dedicar à arte envolve muita persistência, prática, estudar bastante. Devido à correria do dia-a-dia, às vezes se torna difícil encontrar inspiração ou tempo ou disposição pra encarar tudo isso. Então, acredito que manter a disciplina seria o mais difícil nessas situações.

Quem é Gabriel Rocha

Gabriel Rocha sempre gostou muito de desenhar. Começou a se interessar em desenvolver seus riscos aos 10 anos. Conforme foi praticando e ganhando conhecimento, a partir de revistas, oficinas de desenho, aventurou-se também na pintura a óleo - exatamente após o seu aniversário de 12 anos. Depois de um ano de experimentações, pintando sozinho, em 2012 começou a estudar pintura a óleo com a artista plástica Adriana Jacob.

- Sob orientação dela, me desenvolvi em técnica e também em paixão pelo que eu fazia. Tive aulas entre 2012 a 2016. Depois, frequentei mais dois anos, de 2018 a 2020. Quando me senti seguro, passei a desenvolver meus próprios trabalhos autorais.

O jovem foi finalista do Prêmio OLHO VIVO 2019 - Categoria Artista Plástico. De 2019 pra cá, preocupou-se em retratar os temas da sociedade e tudo o que vê no seu cotidiano.

- Sinto que serão importantes registros em um futuro mais distante - frisa.

De acadêmico, passou a adotar tendências impressionistas em suas telas, tornando-se mais solto e mais seguro nas pinceladas.

- Atualmente, ando pensando em mudar a temática de minhas obras, mas por enquanto é segredo.

> Trajetória 10 Anos - Obras de Gabriel Rocha. Abertura: 22 de junho (quarta-feira), das 18 às 22h. Visitação: até 21 de julho, de segunda-feira a sábado, das 11 às 22h. Local: Premium Café, Rua 14, nº 315, Vila Santa Cecília, Volta Redonda. Acompanhe as novidades e confira o trabalho do artista no artedegabrielrocha.blogspot.com e no Instagram @imgabe_andrade

________________________________________________________

Por Cláudio Alcântara  –  claudioalcantaravr@hotmail.com

Seja o primeiro a comentar

×

×

×