Publicidade

Premio

Para Gargalhar

"Sesc Mais Humor" começa nesta sexta-feira em Barra Mansa

Festival aposta em diferentes formas de humor, como grupos de stand up e improviso da região, do Rio de Janeiro e São Paulo

Teatro  –  14/01/2013 09:13

1

(Fotos: Divulgação)

"Nina em um show nada a ver" encerra a programação do festival

Para rir sem culpa. Começa nesta sexta-feira, 18, no Sesc-Barra Mansa a sexta edição do "Sesc Mais Humor" com produção da agência Mega Entretenimento e Comunicação em parceria com o Serviço Social do Comércio.

O festival traz seis espetáculos que reúnem grupos de stand up e improviso do Rio de Janeiro, São Paulo e região em espetáculos que exploram diferentes formas de humor.

Primeiro dia

O humorista Miguel Marques, da Super Tupi -Cia. do Riso apresenta o show solo "Chegando junto" no primeiro dia do evento. O espetáculo que tem na direção Mauricio Manfrini (Paulinho Gogó), do SBT e Super Tupi, traz como convidados Márcio Intruder e Gustavo Chermont. 

Neste sábado, 19, a diversão ficará por conta da apresentação de Léo José no espetáculo "Eu e minhas mulheres". Nele, o ator interpreta uma secretária nada convencional, que é eficiente no que faz, mas não gosta, ou pelo menos acha que não gosta, porque no fundo, ela ama sua profissão. O texto fala de uma forma cômica das vidas, dificuldades e alegrias vividas por essas profissionais que vivem para organizar não só suas vidas mas a vida dos outros.

Fechando janeiro

No dia 25, a atração será o humorista Leandro Teixeira, que em seu stand up traz convidados do grupo Cara a Tapa, fundado por ele e sucesso nos palcos do Rio de Janeiro. O humorista também é fundador do grupo Molóides, campeão carioca de improvisação em 2008 e participou na Record do quadro de humor no programa "Tudo é possível", além de ter participado como convidado de vários grupos, entre eles, Comédia em Pé-RJ.

No dia 26, o palco do Sesc recebe o espetáculo "Alfândega", que narra as desventuras amorosas mal resolvidas entre dois contrabandistas, ambos colegas de escola e ex-noivos Trajano e Cinara, que se reencontram na alfândega. Trajano tenta fugir do país com uma obra de arte valiosíssima despertando a cobiça de sua antiga amada tornando-se sua cúmplice, capaz de todas as artimanhas para ter uma vida de luxo e crime.

Em fevereiro tem mais

Em 1 de fevereiro, será a vez da peça "Crimes delicados - A trama de um assassinato engraçado". Uma mistura de humor, surrealismo e nonsense. O texto, bastante atual, mostra a criminalidade como parte da rotina das pessoas, e ao mesmo tempo chama a atenção para a resistência dos menos favorecidos aos ataques de elite, usando um humor sarcástico para desconcertá-la e confundi-la. Matar por prazer está virando moda e esse é o único motivo que faz o casal Lila e Hugo tramar curiosamente o assassinato do mordomo Efigênio.

O espetáculo estreou na Festa Internacional de Teatro de Angra dos Reis (Fita 2011) com muito sucesso e já fez temporada no Teatro Municipal de Angra dos Reis.

Encerrando a programação, no dia 2, "Nina... Num  show nada a ver", com a comediante Marlei Cevada, que faz a personagem Nina na "Praça é nossa", do SBT. Um show divertido e engraçado que mistura stand up e personagens.

Serviço 

Sesc Mais Humor - Classificação: 14 anos. Ingressos: R$ 30 (inteira), R$ 15 (estudantes e idosos), R$ 10 (associados Sesc).  

Confira a programação completa:

1

 

 

Por Assessoria de Comunicação  –  contato@olhovivoca.com.br

Seja o primeiro a comentar

×

×

×