Publicidade

RH

Balanço

Mais de 1,5 mil imóveis foram financiados pela CEF em 2019 na região

Número representa a recuperação expressiva do mercado imobiliário no Sul Fluminense

Economia  –  06/01/2020 23:31

9087

 

(Foto: Divulgação)

 

Só ano passado, foram 47 contratos assinados com a Caixa para financiamento de uma das 320 unidades do residencial Vila Jardim 

 

O balanço de contratos assinados pela superintendência regional da Caixa Econômica Federal do Sul Fluminense apresenta o número de 1,5 mil imóveis financiados pelo banco em 2019. O número representa a recuperação expressiva do mercado imobiliário. Só no dia 20 de dezembro, 13 compras do residencial Vila Jardim, localizado no bairro Roma, foram formalizadas na agência da CEF da Vila Santa Cecília, em Volta Redonda.

Os contratos assinados na sexta-feira, 3, são referentes às vendas da unidade da torre D do residencial Vila Jardim. O empreendimento possibilita aos seus compradores a utilização do FGTS (Fundo de Garantia Por Tempo de Serviço), além de se enquadrar na faixa do programa Minha Casa, Minha Vida. Para os noivos Luan Vinicius Souza, 29, e Nathalie Crespo, 28, que pretendem se casar assim que o apartamento for entregue, as condições de compra foram as mais atrativas depois de uma longa pesquisa entre diversas opções.

- Decidimos fechar negócio, tanto pelas características do condomínio quanto pela facilidade de financiamento, que se enquadravam no nosso perfil e orçamento. A entrada com o FGTS facilitou muito, pois o Luan tinha um valor considerável. Os subsídios da Caixa para a compra do primeiro imóvel também foram excelentes. Já estamos começando a pensar na mobília e construindo planos para a casa nova - destacou Nathalie.

Outro jovem casal que vai fechar o ano comemorando a conquista do imóvel próprio é o mecânico Lucas Carvalho, 23, e a babá Rafaella Rodrigues, 20. Eles já são casados e moram de aluguel no bairro Caieiras, em Volta Redonda.

- Conhecemos o empreendimento pessoalmente, durante o plantão de vendas. Foi quando conseguimos conferir que, além das condições atrativas de financiamento, que se enquadravam no nosso orçamento, as obras estavam bem avançadas e a estrutura do condomínio era ideal para a gente - afirmou Rafaella.

Já para o diretor Genésio Espírito Santo, responsável pelo residencial Vila Jardim, o balanço do ano também foi superpositivo. Só em 2019, foram 47 contratos assinados com a Caixa para financiamento de uma de suas 320 unidades.

- A nossa parceria com a Caixa foi fundamental para facilitar as vendas do Vila Jardim. Com juros mais atrativos e o programa Minha Casa, Minha Vida, o acesso à compra do imóvel próprio ficou mais fácil. Por isso, o que não faltam são motivos para comemorar o balando de 2019.

Caixa lança linha de crédito imobiliário com taxas de juros pré-fixadas

Na quinta feira, 2 de janeiro, o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, anunciou a linha de crédito imobiliária com taxas de juros pré-fixadas. A partir de março, a correção de juros será baseada nos valores pré-fixados. Os juros da TR (Taxa Referencial) ou do IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) não irão incidir sobre esta modalidade.

A nova linha foi anunciada após uma reunião entre o presidente da CEF e o presidente República, Jair Bolsonaro. Segundo Pedro Guimarães, a nova modalidade de crédito foi autorizada pelo BC (Banco Central).

- Isso é importante porque você poderá contratar crédito imobiliário de 30 a 35 anos e saber quanto pagará pelos próximos 30 ou 35 anos - afirmou o presidente da Caixa. 

________________________________________________________

Por Assessoria de Comunicação  –  contato@olhovivoca.com.br

Seja o primeiro a comentar

×

×

×