<

Publicidade

Premio

Olho Pop

Cláudio Alcântara

claudioalcantaravr@hotmail.com

Literatura

AVL aposta em novos projetos, de olho no crescimento

Academia estuda a implantação de bibliotecas e formas de incentivar autores a buscar mecanismos de acesso às publicações

Livros  –  08/09/2012 10:44

AVL

Novos planos que logo serão colocados em prática. A AVL (Academia Voltarredondense de Letras) aposta em seu crescimento neste 2012. A implantação de bibliotecas em locais onde não existem, incentivar os novos autores da região a produzir e buscar mecanismos de acesso às publicações e fazer parte do cenário cultural de Volta Redonda são projetos que devem sair do papel em médio prazo.

A AVL é uma entidade cultural literária, sem fins lucrativos, políticos ou religiosos, de caráter predominantemente literário. Foi fundada em 11 de março de 2005 e seu patrono é Manoel Bandeira. A Academia, segundo a presidente da AVL, Mércia Christani, tem por finalidade o exercício e a divulgação da língua nacional (português) e da literatura brasileira em todas as suas formas, gêneros e estilos.

Como tudo começou

Criada por um grupo de pessoas que tinham os mesmos objetivos e sonhos, composto de intelectuais, poetas e representantes de vários segmentos literários. Assim nasceu a AVL pelas mãos de José Pedrosa, Elisa Carvalho, Mércia Christani e Nestor Dockorn, entre outros. A Academia foi iniciada com 25 integrantes - seis deles morreram.

Tomaram posse, em 15 de maio de 2009, mais dez integrantes: Tony Vietas - cadeira 26; Djalma Augusto dos Santos Mello - cadeira 27; Antônio Reinaldo Morais - cadeira 28; Jair Gomes da Silva - cadeira 29; Nathália Lucinda Chaves - cadeira 30; Icléa Goulart Gama - cadeira 31; Ernani Manchise - cadeira 32; Kika Monnteiro - cadeira 33; Ettore Dalboni da Cunha - cadeira 34; e Nilson Dimársio - cadeira 35.

Mais cinco acadêmicos

A escolha dos acadêmicos, como explica Mércia, é feita pelo voto. Após a indicação e exame do seu currículo, atendendo os ditames do estatuto, os “imortais” tomam posse. Mais cinco acadêmicos serão empossados após as eleições 2012: Vicente Melo, Regina Vilarinhos, Renato Barozzi, Giovana Damaceno e Mário Carneiro.

Para a presidente da Academia Voltarredondense de Letras, são várias as dificuldades para manter a AVL:

- A primeira é ainda não ter uma sede e também não possuir recursos.

Serviço

> Academia Voltarredondense de Letras - Contato: Mércia Christani, (24) 9903-9405, (24) 3342-8506 e (24) 3345-9770. Ou:
mercia.christani@bol.com

Por Cláudio Alcântara  –  claudioalcantaravr@hotmail.com

2 Comentários

×

×

×

  • Eliane de Lacerda Corrêa

    Que os acadêmicos se unam cada dia mais, para que possamos trazer para nossa cidade, uma visão ampla da arte de escrever! Quem escreve, sente...por esta razão vive intensamente a arte em suas veias....Bravo!!!!

  • Regina Vilarinhos

    Vida longa à Academia e à literatura!