<

Publicidade

Premio

Contramão

Divina Supernova lança álbum de estreia em novembro e faz shows pela Europa

"Pulsares" trará influências que a dupla ainda não tinha explorado, como beats eletrônicos e samplers

Música  –  12/09/2012 11:44

62

(Fotos: Divulgação)

Dupla está em Paris para uma turnê que começa

dia 14, no Café Bairro Alto

Para quem não acredita em vida inteligente na música nacional tenho o prazer de apresentar mais um grupo de altíssimo nível, resultado do MIX cultural São Paulo-Alagoas. Trata-se da Divina Supernova (Ana Galganni e Júnior Bocão) lançando seu álbum de estreia, “Pulsares”, marcado para novembro. A dupla faz um som extremamente delicado. Bati um papo com os dois, confira:

Márcia: Como vocês se conheceram?

Ana: Nos conhecemos na loja Baratos e Afins, eu já conhecia o trabalho do Mopho, banda lançada pelo selo Baratos Afins, e tinha acabado de lançar o disco do Expresso Monofônico também pelo selo. Bocão estava morando em São Paulo e tinha lançado o disco de sua banda, Casa Flutuante. Depois de alguns encontros, nos reunimos algumas vezes e começamos a produzir coisas juntos, como um tributo ao maestro Rogério Duprat, no Centro Cultural São Paulo, idealizado pelo Bocão e que contou com participações de Gerson Conrad (ex-Secos e Molhados), Cézar de Mercês (ex-O Terço) e Zé Brasil, que na época encabeçava um projeto em São Paulo chamado “Movimento 70 de Novo”, além de nossas bandas Expresso Monofônico e Casa Flutuante.

Márcia: O nome Divina Supernova surgiu como?

Bocão: Depois de tanto trabalharmos juntos, acabamos desenvolvendo uma relação. Depois foi natural, compormos juntos, pensamos juntos e assim nasceu Divina Supernova. O nome do duo veio por acaso, um pensou Divina, o outro Supernova e assim ficou!

Márcia: O disco de estreia que está previsto para novembro será lançado com show, terá distribuição em todo o Brasil, é produção independente?

Bocão: O disco está em fase de finalização, lançamos o site oficial recentemente e já conta com algumas faixas para audição. Com o título “Pulsares”, o CD trará muitas influências que ainda não tínhamos explorado em trabalhos anteriores como: beats eletrônicos, samplers, uma abordagem diferente do que já tínhamos experimentado. O disco possivelmente sairá pelo selo Pisces Records de São Paulo.

Márcia: E os shows quais serão os próximos?

Ana: Estamos em Paris para uma turnê que começa dia 14, no Café Bairro Alto, em seguida vamos para as cidades de Monthey e Val d’Illiez, na Suíça, onde temos shows dias 27, 28, 29 e 30.

Um pouco sobre os multi-instrumentistas

Ana Galganni (Expresso Monofônico) e Júnior Bocão (Mopho) são multi-instrumentistas e vêm de trabalhos anteriores com as bandas citadas e discos lançados pelos selos Baratos Afins e Pisces Records, além de terem lançado outros trabalhos de forma independente.

Com produção de Júnior Bocão, o disco traz em suas dez canções autorais as participações do produtor e músico Alvinho Cabral (Fino Coletivo), que tocou guitarra na canção “Coisas sobre ela”, onde o tecladista Leonardo Luiz (ex-Mopho e atual Messias Elétrico) também participa. Sonic Jr. coproduziu “O texto, o conto e o canto” e uniu suas ideias ao som do Divina Supernova. Marco Túlio Souza, músico do Mopho, emprestou suas cordas nas canções “Instigação” e “Revenge”. Félix Baigon, que acompanha o duo há algum tempo, gravou seu contrabaixo acústico em “Ao ver o mar”, música que também tem o piano de Billy Magno. E, por fim, Paulinho Pessoa (ex-Xique Baratinho, Sonic Jr. e PR5, atualmente no Saúva) toca violão em “Sonhos de Liberdade”. 

“Pulsares” tem projeto gráfico desenvolvido pelo Estúdio Zeropixel, fotos de Felipe Brasil e Antonio Fon, conta com mixagem de Jr. Bocão e masterização de Brendan Duffey, do Norcal Studios, de São Paulo. 

Divina Supernova fará shows nas cidades de Monthey e Val d’Illiez, na Suíça, nos dias 27, 28, 29 e 30

> Júnior Bocão - Músico e compositor alagoano, é baixista do grupo Mopho, com o qual gravou um disco lançado pelo selo Baratos Afins em 2000. Com esse trabalho percorreu o país participando de grandes festivais de rock, como Porão do Rock, em Brasília; Abril Pro Rock, em Recife e São Paulo; Balaio Brasil, em São Paulo; Festival de Inverno, em Garanhuns (PE); O Garimpo, em Belo Horizonte. Participou da banda do artista catarinense Wado. Em 2004 lançou no Projeto “Jaraguá Bairro de Negócios”, o disco de estreia da sua banda Casa Flutuante. Em 2009 o músico fez tour nos Estados Unidos com o também grupo alagoano Oxe, onde se apresentou no principal festival independente do mundo - South by Southwest. Participou do disco Karranca, lançado na edição de 2009 da Virada Paulista em São Paulo. O músico ainda fez parte dos Skywalkers e recentemente gravou o terceiro disco do Mopho, lançado no Teatro Deodoro, em Maceió, e no Palco De Inverno na Virada Cultural de Curitiba em 2011.

> Ana Galganni - Cantora paulistana, lançou seu primeiro trabalho à frente da banda Expresso Monofônico pelo selo Baratos Afins, em 2004. Professora de canto, em 2006 cursou canto popular na Universidade Livre de Música, tendo como mestra a cantora Silvia Maria. Gravou em 2008 o CD do grupo Lambrego e compôs o quarteto Choramba, cantando clássicos do choro e do samba. Em 2009, percorreu os palcos paulistanos com o show “Ana Regina canta Elis”, interpretando os principais sucessos consagrados por Elis Regina. Com esses projetos levou sua voz para alguns dos principais palcos da música em São Paulo, como SESCs, Centro Cultural São Paulo e Memorial da América Latina. Juntos produziram uma homenagem ao maestro Rogério Duprat em show no Centro Cultural São Paulo, evento que teve a participação de César de Mercês (O Terço) e de Gerson Conrad (Secos e Molhados). Em janeiro de 2011, participou do 18º Festival de Música Popular Brasileira do conservatório de Tatuí (SP), classificando a canção “Daqui ou de lá” em parceria com Osvaldo Bigaram (Choramba) entre as dez finalistas do certame. Ainda em 2011 ganhou o prêmio de melhor cantora pela premiação Notáveis da Cultura Alagoana e junto com Jr. Bocão ganhou o prêmio de melhor grupo musical (Divina Supernova).

Fica esperto ao lançamento e garanta o seu exemplar do CD, que promete ser daqueles que a gente coloca no player e vicia.

Serviço

> Divina Supernova - Site oficial, Facebook, YouTube e Twitter.

Por Márcia Tunes  –  marciatunes@gmail.com

8 Comentários

×

×

×

  • Leandro Amorim

    ótima matéria! Toda sorte do mundo ao duo. abraço!

  • Jr. Bocão

    Adoramos a matéria!!! Abraços!

  • Mais comentários