<

Publicidade

Premio

México/Brasil

Brasileiros presos no exterior são transferidos para ressocialização

Na maioria das vezes esses detentos não falam a língua do país onde receberam a condenação e não são assistidos pelos familiares

Pelo mundo  –  14/12/2012 18:07

605

(Foto Ilustrativa)

Dois condenados por tráfico internacional

de entorpecentes cumprirão as penas

em presídios brasileiros

 

Dois brasileiros condenados e presos no México por tráfico internacional de entorpecentes serão transferidos para o Brasil e cumprirão as penas em presídios brasileiros. Essa transferência aumenta a possibilidade de ressocialização, pois na maioria das vezes esses detentos não falam a língua do país onde receberam a condenação e não são assistidos pelos familiares. 

O brasileiro Francisnar de Assis Ramos desde 2002 cumpre pena de 13 anos e 9 meses. Ele será transferido para o Brasil em 20 de dezembro e cumprirá o restante da detenção em presídio brasileiro. Em janeiro, Romualdo Ferreira da Silva, condenado em 2003 à mesma pena, também cumprirá o restante da pena no Brasil. Por questões de segurança, as penitenciárias que receberão os detentos não serão divulgadas. 

Onze transferências 

No primeiro semestre de 2012, a SNJ/MJ (Secretaria Nacional de Justiça do Ministério da Justiça, por meio do DEEST (Departamento de Estrangeiros), efetivou 11 transferências de brasileiros que estavam no exterior para cumprirem penas no Brasil e outras nove transferências passivas, para que estrangeiros fossem cumprir penas nos países de origem. 

O Departamento de Polícia Federal realiza hoje uma transferência coletiva de 14 brasileiros reclusos em Portugal para cumprirem o restante da pena imposta pela Justiça portuguesa no Brasil. Eles chegam a Brasília nesta sexta-feira, 14, e serão encaminhados aos respectivos estabelecimentos prisionais em que ficarão recolhidos. As informações sobre essa transferência são de responsabilidade da Polícia Federal.

Por Assessoria de Comunicação  –  contato@olhovivoca.com.br

Seja o primeiro a comentar

×

×

×