<

Publicidade

Premio

De Olho na Crítica

A visceral e intensa Adriana Esteves

É um deleite ver a atriz em mais um sensível trabalho na minissérie da TV Globo

Televisão  –  12/09/2016 22:55

Publicada: 05/09/2016 (10:21:05) . Atualizada: 12/09/2016 (22:55:50)

1

(Fotos: Divulgação)

A sofrida e vingativa Fátima de “Justiça”; atriz acumula sucessos e momentos difíceis na carreira 

Olá, galera!
A aclamada “Justiça” estreou há uma semana e virou assunto nas redes sociais e em vários lugares. Antes mesmo da estreia, vimos chamadas impactantes anunciando o que de melhor viria por aí.

Mas não falarei da atração. Hoje falarei da maravilhosa Adriana Esteves.

Perdoem-me o trocadilho, mas justiça seja feita! É um deleite ver a atriz em mais um sensível trabalho. Confesso que entro em choque ao ver a atuação de Adriana. Acompanhamos o despontar, os momentos difíceis e o amadurecimento da estrela. Num espaço entre a doce e romântica Patrícia de “Meu bem, meu mal” (exibida atualmente no Canal Viva) e a sofrida e vingativa Fátima na atual minissérie, a atriz acumula sucessos, dentre eles, Catarina Batista (“O cravo e a rosa”), Dalva de Oliveira (“Dalva e Herivelto”) e, claro, o fenômeno Carminha (“Avenida Brasil”).

Filha da artista plástica Regina Esteves Agostinho e do médico Paulo Felipe Agostinho, Adriana Esteves estudou balé e teatro quando criança e iniciou sua carreira artística aos 16 anos como modelo após desistir de ser bailarina. Formou-se em publicidade e ingressou na televisão como apresentadora do programa “Evidências”, na Rede Bandeirante, em 1988. A primeira aparição da jovem em telenovelas foi como uma figurante em “Vale tudo”, ainda em 1988. Ela interpretava uma modelo.

Um ano depois, em 1989, ela participou do quadro "Estrela por um dia", no “Domingão do Faustão”. A participação no programa da Rede Globo abriu as portas da emissora para Adriana que, naquele mesmo ano, estreou como atriz na novela “Top model”.

“Com o passar do tempo, você vai tendo mais sensibilidade. Situações difíceis, como a de Fátima, a gente procura distanciar do próprio umbigo, da vidinha particular, para ir até sensações que realmente ocorrem com outras pessoas”, esclarece a atriz aos 46 anos, provando que está melhor do que nunca em todas as áreas de sua vida. E ressalta que a experiência adquirida em 27 anos de carreira ajuda na composição das personagens.

Visceral e intensa. Assim podemos definir Adriana Esteves. Aplausos!

Abraços, galera!

> Fonte: UOL Entretenimento

Personagem do Dia

2

Sandrinha (Adriana Esteves) em “Torre de babel” (1998/99). A personagem aprontou muito na trama de Silvio de Abreu. A partir de outubro vamos rever as maldades da vilã no Canal Viva.

Por Albinno Oliveira Grecco  –  albinnooliveira@hotmail.com

3 Comentários

×

×

×

  • Frederico

    Entrega total de Adriana em Justiça, que evolução desde Tininha de Top Model até agora, até Mariana vale ser citada pq foi um divisor de águas na carreira de Adriana! Graças a ela temos essa atriz que faz bem qualquer papel! Dá rica sofisticada a mais bagaceira das vilãs.

  • Nicolau Vinciprova

    Marsvilhosa. E rodeada de feras. Da direção à atuação. O wue dizer de Débora Bloch? Perfeita.

  • Mais comentários