Publicidade

Premio

Fique de Olho

Regina Duarte, nossa sempre "Namoradinha do Brasil"

Atriz completa 50 anos de carreira como uma das mais emblemáticas do país; ela é amada por uns e odiada por outros

Televisão  –  17/09/2012 22:32

98

(Fotos: Divulgação)

Regina é homenageada na exposição

"Espelho da arte - A atriz e seu tempo"

Ela já foi médica, professora, artista plástica, socióloga, estilista, perua, vendedora, empregada doméstica, pianista, comissária de bordo e... sucateeeeeira. Ufa! Tantas em uma. Regina Duarte. Cinquenta anos de carreira como uma das atrizes mais emblemáticas do país. Ela é amada por uns e odiada por outros. Quem gosta de novela, sabe que a “Namoradinha do Brasil” é mais do que uma intérprete, é um símbolo da televisão brasileira com o que tem de melhor: talento, carisma e garra. Uma atriz como poucas. 

Regina Duarte é, com certeza, uma das pessoas que merecem muitas homenagens, dentre elas, uma exposição por sua contribuição à dramaturgia brasileira nos 50 anos de carreira. A história de Regina se confunde com a telenovela no país. A atriz, dona de personagens inesquecíveis, como Porcina (“Roque santeiro”), Simone (“Selva de pedra”), Malu (“Malu mulher”) e Raquel (“Vale tudo”), encanta a todos.

Cerca de 500 fotos

Regina

Um dos destaques de sua carreira, "Malu mulher"

A exposição “Espelho da arte - A atriz e seu tempo” traz imagens de todos os trabalhos em que a atriz atuou, não só em TV, como também em teatro e cinema. Com cerca de 500 fotos, a mostra vai relembrar todos os seus personagens. Serão apresentados os filmes, as trilhas musicais e as cenas de novelas.

Atualmente Regina apresenta e dirige o espetáculo “Raimunda, Raimunda”.

Serviço

> Espelho da arte - A atriz e seu tempo - Visitação: até 28 de outubro. Centro Cultural Correios, Rua Visconde de Itaboraí, 20, Centro do Rio. Entrada gratuita.

Fique por dentro

A alcunha de “Namoradinha do Brasil” foi oferecida a Regina Duarte devido a seus personagens cândidos. Após a novela “Minha doce namorada” (1971), o apelido ganhou força na mídia. A partir de “Nina” (1977), Regina começava a interpretar mulheres fortes, batalhadoras e ousadas como em “Malu mulher” (1979).

Personagem do dia

Regina2

Helena (Regina Duarte) em “Páginas da vida” (2006/2007)

Por Albinno Oliveira Grecco  –  albinnooliveira@hotmail.com

1 Comentário

×

×

×

  • ana

    Realmente a Regina é uma das melhores atrizes que temos!! Bato palmas para ela de pé!!