Publicidade

Premio

Sem Fronteiras

Maestro Eduardo Roz prepara roteiro de filme

"A moça do trem doido" é parceria com Jory Becker; artista também estará no Salão Internacional Gospel e fará turnê pela Europa e pelos EUA

Colunistas  –  07/09/2012 16:48

27

(Fotos: Divulgação)

Um músico completo: Pianista,

saxofonista, violonista...


É com imensa satisfação e gratidão que volto à minha coluna “Sem Fronteiras”, agora no site OLHO VIVO, do jornalista Cláudio Alcântara.

“Sem Fronteiras” foi buscar em São Paulo um músico que admiro e reciprocamente tem um grande carinho e respeito por esta colunista. O maestro Eduardo Roz, que vai homenagear Dhilma Pólen, em dois grandes eventos,os quais serão um marco na minha carreira.

O artista está terminando o roteiro do filme “A moça do trem doido”, em parceria com Jory Becker, que tocou com ele durante 15 anos, poeta músico brasileiro e estará também no Salão Internacional Gospel

Roz assina pela Ordem dos Músicos do Brasil, em São Paulo, é um tremendo defensor dos músicos e cantores brasileiros e tem grande admiração pelas orquestras, bandas e cantores estrangeiros.

- Depois desse mega evento internacional, iremos à Europa e aos Estados Unidos, faremos uma turnê - enfatiza.

Tomara, amigo, Deus atenderá os desejos de seu coração.

Conversando com Roz ao telefone, ele me disse que tem inúmeros arquivos de sua autoria de músicas gospel e que gostaria imensamente de vê-las em minha voz. Não vou dizer não, é claro, porque, como ele, sou super esperançosa. Tenho provas de que Deus provê os nossos sonhos.

Um pouco sobre o artista

O artista gosta do rock aos eruditos e MPB de qualidade, sem apelações de palavras. Ele diz que música não tem fronteiras e que é a forma mais linda de expressar sentimentos, emoções. No meu caso, como cristã, acrescento que a música retrata uma adoração ao Criador de todas as coisas, é uma oração cantada.

O artista gosta do rock aos eruditos e
MPB de qualidade, sem apelações de palavras

Eduardo Roz é jovem, casado, pai coruja, ama sua profissão de músico. Dedica todo o seu tempo, ora ensinando seus alunos ora apresentando-se nas escolas e comunidades da região paulista ou nos palcos do Brasil. O maestro adianta que em breve estará aqui na região sul fluminense. Integrante do CCB (Clube dos Compositores do Brasil), onde registra suas artes, tem lindas canções e parcerias importantes com artistas do CCB. É cantor e tem canções interpretadas por cantores renomados do cenário brasileiro.

Músico completo: pianista, saxofonista, violonista... Sem modéstia, digo: Eduardo Roz é culto, mas simples no trato com as pessoas e seu público.

Homenagem na capital paulista

Diz a Bíblia que o tempo de Deus não é o nosso. Sim, acabo de testificar em minha vida essa assertiva. Depois de longos anos de carreira artística, como intérprete e compositora, sou lembrada por um exímio maestro, músico de público de âmbitos nacional e internacional, que vai homenagear-me com um solene prêmio de Honra ao Mérito de sua Faculdade Livre de Música, na capital paulista, onde é o reitor e maestro. Será em 18 de setembro (em breve todos poderão conferir na mídia). 

- Nós seremos expositores no Salão Internacional Gospel, em abril de 2013, onde levarei, a convite de Marcelo Rebello e Luciana Mazza (os organizadores), grandes artistas brasileiros, entre eles, Dhilma Polén, soprano lírico de belíssimo registro vocal. É a feira gospel mais importante da América Latina - diz.

Imaginem só, quem Deus levantou para homenagear-me assim. Sou-lhe muito grata e por isso minha primeira coluna “Sem Fronteiras” neste jornal dinâmico e cibernético é com esse profissional competente da música e arte cênica, cheio de coragem e muita disposição para promover a todos possuidores de comprovados talentos e serviços prestados ao público brasileiro.

Uma singela retribuição

Assim, meus queridos leitores, “Sem Fronteiras” faz uma singela retribuição à homenagem ao meu trabalho musical, de presumíveis 30 anos e que agora como cantora gospel tem o seu apogeu. Obrigada, amigo. Avance! São lindas e edificantes as mãos do bom semeador. Aceito, emocionada, a homenagem e a colocarei no calvário de Jesus. Ele cuida de mim e a honra prometida veio por intermédio de você. Seu gesto me leva a crer que vale a pena esperar.

Prestigiem a Feira Internacional Gospel e todo o trabalho dignificante do maestro Eduardo Roz.

Serviço

> Eduardo Roz - O maestro também pode ser visto no YouTube e contatado na Faculdade Livre de Música Maestro Eduardo Roz, que está com matrículas abertas e tem franquias em todo o Brasil. Saiba mais sobre o artista na Wikipedia. Telefones: (11) 7995-5992 e (11) 2216-6232. Para falar com Dhilma Polén o telefone é (24) 9219-2216 ou acesse o Facebook da colunista.

Por Dhilma Pólen  –  dilmacantora@hotmail.com

27 Comentários

×

×

×

  • Helder de Almeida

    Querida Dhilma, voltou com o pé direito, entrevistando um grande artista. Costumo dizer que Roz toca e canta com requinte e competência de um adulto, e com a emoção e espontaneidade de uma criança. Seu modo de tocar e cantar me inspirou a compor "Ouvindo suas canções", uma pequena homenagem ao grande amigo Roz. bjão amiga Dhilma!!!

  • Alexandre Gomes

    Maestro Eduardo Roz, pra mim o melhor no que faz ,sou fã de coração deste grande homem. Deus te abençoe maninho.

  • Mais comentários