<

Publicidade

Premio

Submersão dos Materiais em Água

Antônio Geraldo expõe na Estação das Artes

Artista plástico mostra trabalhos bidimensionais compostos em folhas de flanders como suporte, desenvolvendo tonalidades de óxidos

Parabólica  –  11/08/2019 19:22

8689

 

(Fotos: Divulgação)

Visitação: Os trabalhos expostos em "T.e.m..p...o..." podem ser vistos até 5 de setembro, das 8h30 às 16h30

 

> Programe-se: Confira o roteiro com algumas exposições que podem ser vistas na região 

A prefeitura, por meio da Fundação Cultura Barra Mansa, promove a exposição “T.e.m..p...o...”, do artista plástico Antônio Geraldo. A abertura será em 13 de agosto, às 19h, na Estação das Artes (Rua Orozimbo Ribeiro, Centro da cidade). Os trabalhos podem ser vistos até 5 de setembro, das 8h30 às 16h30.  

Em “T.e.m..p...o...”, Antônio Geraldo mostra trabalhos bidimensionais compostos em folhas de flanders como suporte, desenvolvendo tonalidades de óxidos, na maioria das vezes a partir da submersão dos materiais em água.  

- As obras ficam imersas em pequenas piscinas construídas especialmente para a criação das obras. Na década de 80, eu já havia trabalhado com esse material em pequenos formatos até elaborar uma instalação. Na década seguinte experimentei esse material criando composições por meio de colagens. Mas, somente em 2017, consolidei essa técnica de oxidação, entendendo a ação do tempo a partir da percepção para controlar o processo, ao drenar ou adicionar água durante a produção das obras, o que demanda tempos relativos conforme cada peça - explica.  

Um pouco sobre o artista  

Antônio Geraldo dedica-se há quase três décadas a compor a pigmentação de seus trabalhos a partir de elementos naturais, como terra, cinzas e metais. Sua produção atual tem utilizado o tempo como instrumento de trabalho, ao dedicar sua pesquisa na composição de imagens a partir da oxidação de materiais metálicos.  

O artista plástico tem usado folhas de flanders como suporte e também como material de pigmentação. Por sua alta resistência à corrosão, esse material é geralmente utilizado na fabricação de embalagens de alimentos e de óleos, tintas e produtos químicos, e até mesmo na fabricação de utensílios domésticos e industriais. Antônio Geraldo rebela-se contra a resistência do material pronto para o comércio, e o deixa exposto ao tempo e aos efeitos da água. 

_______________________________________________________

Por Assessoria de Comunicação  –  contato@olhovivoca.com.br

Seja o primeiro a comentar

×

×

×