Publicidade

Premio

Uma Vida Dedicada à Arte

Exposição no Zélia Arbex marca os 60 anos de Antônio Geraldo

Mostra com elementos naturais fica aberta para visitação até o dia 31 de janeiro

Parabólica  –  08/01/2020 23:36

9091

 

(Foto: Divulgação)

São 27 anos de carreira artística; “Antônio Geraldo - Técnicas” reúne trabalhos feitos com terras, minérios, ferros nas oxidações, fogo e mato queimado

 

> Programe-se: Confira o roteiro com algumas exposições que podem ser vistas na região  

O Espaço das Artes Zélia Arbex, em Volta Redonda, inicia suas atividades em 2020 a partir de quarta-feira, dia 8, com “Antônio Geraldo 60 Anos - Técnicas”, do artista plástico que dá nome à exposição. O trabalho faz parte da série de exposições originadas pelo edital de ocupação artística da Secretaria Municipal de Cultura (SMC).

- Os artistas da região têm, através do edital de ocupação, uma forma democrática para exporem seus trabalhos. Nosso objetivo é dar oportunidade a eles, além de oferecer cultura com qualidade e gratuita - afirmou o prefeito Samuca Silva.

Com o edital de ocupação artística, a programação do Zélia Arbex tem um cronograma de exposições mensais já definidas até outubro deste ano. No trabalho do artista plástico Antônio Geraldo, o público poderá conferir obras nas quais o autor utilizou três maneiras de pigmentar com elementos naturais.

- Ao longo desses 27 anos de carreira artística, fui conhecendo novos elementos, além das terras, minérios. Desenvolvi novos métodos, passeando pelos ferros nas oxidações, me aperfeiçoei usando o fogo e evolui para a técnica dos trabalhos com o mato queimado - explicou Antônio Geraldo.

Um pouco sobre o artista

Antônio Geraldo dedica-se há quase três décadas a compor a pigmentação de seus trabalhos a partir de elementos naturais, como terra, cinzas e metais. Sua produção atual tem utilizado o tempo como instrumento de trabalho, ao dedicar sua pesquisa na composição de imagens a partir da oxidação de materiais metálicos.  

O artista plástico tem usado folhas de flanders como suporte e também como material de pigmentação. Por sua alta resistência à corrosão, esse material é geralmente utilizado na fabricação de embalagens de alimentos e de óleos, tintas e produtos químicos, e até mesmo na fabricação de utensílios domésticos e industriais. Antônio Geraldo rebela-se contra a resistência do material pronto para o comércio, e o deixa exposto ao tempo e aos efeitos da água.  

> A exposição “Antônio Geraldo 60 Anos - Técnicas” ficará aberta para visitação até o dia 31 de janeiro, de segunda a sexta-feira, das 10 às 18h. O Espaço das Artes Zélia Arbex fica na Rua 14, na Vila Santa Cecília. 

________________________________________________________

Por Assessoria de Comunicação  –  contato@olhovivoca.com.br

Seja o primeiro a comentar

×

×

×