<

Publicidade

Premio

Literatura & Cia.

Jean Carlos Gomes

poearteditora@gmail.com

Personalidade Cultural

Alzira Ramos da Silva prepara mais dois livros

Ela já publicou três livros de poesia/prosa e os próximos serão: um de memórias e um romance

Colunistas  –  21/08/2019 19:11

  • Dona Alzira com seus livros e este colunista

  • Com Aloizio Perez, presidente da OAB-BM, quando foi homenageada, em 5 de agosto

  • Com a também advogada Dulce Rodrigues, presidente da Academia Barramansense de História

  • Com a confreira da ABH Ana Vitalina

  • Com os amigos acadêmicos em reunião da ABH (Barra Mansa, 8 de agosto)

  • Alzira Ramos e o jornalista Vicente Melo

  • Seu contrato de admissão na CTB em 1948

(Fotos: Divulgação)

_______________________________________________________

Recordar é viver... Ou viver é recordar... Escritora e acadêmica, às vésperas de completar os seus bem vividos 88 anos, continua a esbanjar vitalidade que contagia

_______________________________________________________

Ela militou em várias causas, advogou e escreveu. Alzira Ramos da Silva já publicou três livros de poesia/prosa e prepara mais dois: um de memórias e um romance. Registrou de alguma forma seus encantos e inúmeros causos que povoaram a sua mente tão fértil e produtiva, que é uma biblioteca rica, nos desdobramentos do que é viver e superar os obstáculos que temos que passar no decorrer da vida. 

No dia 31 de julho, tivemos a rica oportunidade de, ao ouvir um pouco das histórias de vida, conhecer ainda mais essa cidadã sincera e grata por tudo que a vida já lhe proporciona. Na companhia do jornalista Vicente Melo, seu colega de faculdade, fomos calorosamente recebidos por ela em sua residência em Barra Mansa, que, com alegria peculiar, nos contagiou desde a recepção. Alzira é barra-mansense, nascida em 3 de novembro de 1931. Como nos relatou, começou muito cedo as suas atividades. Muito jovem já ajudava nas lides domésticas até conquistar seu primeiro emprego em 26 de novembro de 1948, com apenas 17 anos, na extinta e importante CTB (Companhia Telephonica Brasileira).

Com singular dedicação, viveu ricas experiências e momentos únicos nessa grande empresa, até se aposentar 29 anos depois, em 1977. Inquieta, alvissareira e extremamente bem humorada, nessa época já se encaminhava para concluir o Curso de Comunicação Social, área de Jornalismo, afinal, gostava de escrever. Mas as suas buscas são muitas e, em 1985, graduou-se em Direito e passou a militar também nessa área, ao lado dos inúmeros afazeres domésticos e do voluntariado social. Ainda assim, achou por bem fazer uma pós-graduação em Direito Civil em 1991, já no alto dos seus 60 anos.          

Ama e conhece sua cidade, isso fez com que se tornasse uma pessoa muito querida, mulher determinada, de garra. Apesar de seus trabalhos, nunca deixou de ser uma dona de casa prendada, mãe zelosa com suas quatro filhas, avó atenciosa com seus 11 netos e oito bisnetos e esperançosa de tataranetos...

Com tantas vivências e as ricas peculiaridades dessa pessoa iluminada, que a cada dia é mais grata às maravilhas que Deus lhe presenteia, a também escritora e acadêmica, às vésperas de completar os seus maravilhosamente bem vividos 88 anos, continua a esbanjar vitalidade que contagia, lembranças que alegram e conhecimentos que incentivam a sua rica caminhada.

Muito bom e gratificante poder desfrutar da amizade sincera de uma pessoa que sabe usufruir de suas conquistas, como as maiores vitórias, mesmo as mais simples. E continua cultivando com simplicidade e encantamento o dia a dia da vida.

Vivamos e prossigamos também com dedicação, para que o caminhar nos permita conhecer mais e mais pessoas como nossa querida Alzira Ramos da Silva! 

________________________________________________________

Por Jean Carlos Gomes  –  poearteditora@gmail.com

Seja o primeiro a comentar

×

×

×