Publicidade

DJ Welley

Chá da Tarde

Nathan Gonçalves

[email protected]

Videogames

Os 25 anos de Pokémon

Um breve balanço sobre o passado, presente e futuro de uma das franquias mais amadas da história

Colunistas  –  28/03/2021 17:59

9903

 

(Foto: Divulgação)

A jornada sem fim que encanta crianças e adultos

 

Pokémon faz 25 anos de existência em meio ao sucesso, críticas e o permanente encanto que consegue exercer às novas gerações e manter nas antigas, alimentando constantemente nossas crianças interiores. Em meados dos anos de 1990, Satoshi Tajiri teve a ideia de um jogo. Quando pequeno, ele gostava de colecionar insetos e os imaginava batalhando uns contra os outros. Ao crescer, Satoshi não abandonou a ideia e a incrementou: criou um mundo fantástico onde seres chamados Pokémon existem e coexistem com os seres humanos, que os capturam e usam em batalha como uma espécie de esporte.

O primeiro jogo surgiu em 1996 para Game Boy Color e foi um enorme sucesso de vendas. O anime surgiu em 1997 e alavancou a franquia, fazendo milhões de fãs do Oriente ao Ocidente. Foi graças a essa animação também que começaram as primeiras polêmicas. A mais famosa é decorrente do episódio do Porygon, onde os protagonistas entram no mundo digital e durante a batalha contra a Equipe Rocket ocorrem diversos efeitos especiais de luzes intensas e mudanças de cores. Esses efeitos causaram dores de cabeça, enjoos, convulsões e até ataques epiléticos em diversas crianças no Japão, e algumas precisaram ser hospitalizadas. O anime só foi retornar alguns meses depois.

Os jogos permaneceram um grande sucesso, levando à criação de novas regiões e, consequentemente, novos monstrinhos. Dos 151 iniciais em 1996 já chegamos perto da marca de 900 em oito gerações de jogos, do Game Boy Color ao Nintendo Switch. O anime também seguiu com sucesso, com o protagonista Ash Ketchum e seu inseparável amigo Pikachu (literalmente a cara da The Pokémon Company) viajando pelo mundo, fazendo amigos, capturando novos Pokémon e batalhando em busca de realizar o sonho de ser o maior dos treinadores.

Um dos ápices recentes da franquia foi o lançamento de “Pokémon GO”, jogo para smartphones que foi uma febre no ano de 2016. Utilizando tecnologia de geolocalização e realidade aumentada, o jogo permitia capturar Pokémon enquanto o jogador caminhava pelas ruas, além batalhar e conquistar o seu próprio ginásio. No ano de lançamento, o jogo conquistou a impressionante marca de 750 milhões de downloads, tornando-se um fenômeno cultural. Nos Estados Unidos, estima-se que 20% dos usuários de Android baixaram o jogo, e o número de acessos diários ultrapassava aplicativos como Facebook, Instagram e Twitter.

Dois jogos para festejar o aniversário

Em seu aniversário de 25 anos, a Pokémon Company anunciou dois jogos: os remakes de Sinnoh, a região da quarta geração, e um jogo completamente novo, Pokémon Legends: Arceus, que se passará em um período antigo da mesma região. A temporada atual do anime, Pokémon: Jornadas, trouxe novidades como o co-protagonismo da história entre Ash e o novo personagem Goh (uma clara referência ao jogo para celular). Uma das inovações dessa temporada é que ela não se passa apenas em uma região, mas os protagonistas realizam viagens entre todas elas.

Seja nos videogames ou na televisão, e até mesmo nos jogos de cartas colecionáveis, a franquia Pokémon chega aos 25 anos em grande forma e buscando alçar novos voos. Em um futuro não tão distante poderemos sonhar com os jogos em realidade virtual, realizando o sonho de toda criança que já quis viver no mundo Pokémon e se tornar um mestre dos monstrinhos. Enquanto isso, seguimos juntos nessa jornada repleta de aventuras com o mesmo encanto que a conhecemos há 25 anos, e com a esperança de que essa jornada nunca tenha um fim. 

________________________________________________________

Seja o primeiro a comentar

×

×

×