Publicidade

DJ Welley

Crônicas de Humor e Entrevistas Poéticas

Isabel Furini

[email protected]

Vaidade Literária

Vânia, a vaidosa da turma

Uma aluna que participa da oficina e gosta de discordar para mostrar que existe

Colunistas  –  30/03/2021 19:10

9907

 

(Foto Ilustrativa)

O orientador lançou a frase fatal: “Ela tem o estilo de Proust”

 

Existem vaidosos em todas as áreas. E como são chatos, não é verdade? Só falam de si mesmos e elogiam a própria obra, sem aceitar crítica nenhuma. Esse é o caso de Vânia, que participou de uma oficina de literatura, leu dois ou três livros sobre a Arte de Escrever e lá está ela sentindo-se uma estrela!       

O orientador da turma criticou-a. Uma aluna que participa da oficina e gosta de discordar para mostrar que existe, lançou a frase fatal:
- Ela tem o estilo de Proust... 

Vaninha parecia flutuar. Era isso!.. Orgulhosa... Dizia que era de linha proustiana. Interessante a afirmação, porque Vaninha nunca lera os livros de Proust.

O tempo foi passando e a vaidade de Vaninha aumentou.
- Eu utilizo o monólogo interior, a narração labiríntica, vejam o foco narrativo da segunda pessoa... Um dia, um editor visitou a Oficina. Todos tiveram a oportunidade de ler um conto. O editor elogiou o esforço dos alunos e escolheu os contos de Talita para publicação. 

Vaninha sentiu-se ofendida.
- Eu escrevo igualzinho a Proust - esbravejou. 

O editor, é preciso dizer que havia lido a obra completa de Proust, sarcástico, retrucou:
- Moça, seus contos se parecem com os de Proust como uma azeitona se assemelha com uma melancia! 

Vaninha abandonou a oficina. Mas ainda escreve e, segundo suas próprias palavras:
- Até Proust foi rejeitado pelos editores de sua época... Um gênio nunca é compreendido... 

________________________________________________________

Seja o primeiro a comentar

×

×

×