Publicidade

RH

Olho Pop

Cláudio Alcântara

claudioalcantaravr@hotmail.com

Primeira vez

ELO é selecionado para o Festival de Dança de Joinville

Centro de Dança, coordenado pelo professor Péricles Araujo, busca patrocínio para representar Volta Redonda no maior festival de dança do mundo

Parabólica  –  23/06/2022 18:48

10484

 

(Fotos: Divulgação)

Artistas precisam de R$ 18 mil para participar de festival em Santa Catarina; entre em com contato com Péricles (24) 99301-2652 | centrodedancaelo@outlook.com | Instagram @centrodedancaelo

 

Pela primeira vez, bailarinas de Volta Redonda são selecionadas para participar do Festival de Dança de Joinville (Santa Catarina) com três modalidades distintas. O maior festival de dança do mundo será realizado de 19 a 30 de julho, em sua 39ª edição. Segundo a comissão organizadora do evento, foram mais de 4.100 inscritos e 2.233 aprovados. O Centro de Dança ELO precisa de aproximadamente R$ 18 mil de patrocínio para transformar esse sonho em realidade. 

- Contando transporte, alimentação e alojamento, precisamos de R$ 18 mil. Não estipulamos valor, aceitamos toda e qualquer ajuda. Esse valor total foge ao financeiro dos alunos do Centro de Dança, porque a grande maioria recebe apenas um salário mínimo ou salário de comércio - frisa o professor. 

Péricles Araujo, coordenador do ELO, conta que participou do festival há 12 anos, como bailarino. 

- Agora terei a honra de levar minhas alunas. Acredito que a corrente do bem fortalece a cultura. O nosso tempo é curto para conseguir o valor necessário, o resultado foi divulgado poucos dias atrás. Estamos organizando uma rifa que sorteará um Kit Oficial do Voltaço, que foi doado pelo presidente do clube. Estamos nos movimentado e articulando ajuda em todas as possibilidades, com políticos locais, empresários, Secretaria de Cultura e até mesmo com a prefeitura. Até o momento não tivemos uma resposta positiva, mas continuamos com o pensamento positivo - enfatiza. 

Festival competitivo 

O festival é competitivo, mas, de acordo com o professor, o processo de seleção é mais rigoroso, em nível internacional. 

- Para a seleção dos Palcos Abertos são duas eliminatórias. Nós já estamos aprovados, vamos a Joinville para nos apresentar nos cinco Palcos Abertos montados em pontos turísticos da cidade. A primeira etapa de aprovação é teórica, onde é avaliada a proposta e concepção coreográfica, e a segunda etapa é analise de vídeo, onde verifica a compatibilidade com os dados da primeira fase e qualidade técnica. 

As três coreografias enviadas pelo ELO foram aprovadas: Jazz (formato grupo - categoria adulto); Contemporâneo (formato grupo - categoria adulto); Neoclássico (formato solo - categoria adulto). 

- Um marco para a história cultural da Cidade do Aço. Em 39 anos de festival é a primeira vez que Volta Redonda é selecionada para essas categorias. Isso demostra a força cultural do interior do Estado do Rio, especialmente do Médio Paraíba. Nesse ato de coragem e garra, reforçamos para todos que a cultura do Médio Paraíba tem notoriedade. 

Quem são as bailarinas selecionadas

WhatsApp Image 2022-06-22 at 22.42.06

O Centro de Dança ELO foi selecionado com três coreografias que somam 18 bailarinas com idades variando de 16 a 42 anos, do nível amador ao profissional, alinhadas na mesma linguagem artística. São elas: 

1. Alessandra Tubbs (ganhou o Prêmio OLHO VIVO em 2014)
2. Samantha Araujo
3. Sthefany Wictoria
4. Ana Luiza Oliveira
5. Maria Clara David Braga
6. Ellen Santos
7. Jessica Lorraine
8. Jéssica Carvalho
9. Caroline Zanute
10. Maria Jullia Ferreira Rosa
11. Lethycia Silva
12. Maíla de Sousa
13. Cíntia Heringer
14. Maria Eduarda Souza
15. Jayane Rocha Santana
16. Marcela Nogueira Almeida (finalista do Prêmio OLHO VIVO 2022)
17. Ana Lívia Prado
18. Samantha Araujo 

Qual a contrapartida para os patrocinadores 

Péricles Araujo destaca que Joinville é um festival de realce internacional, acolhe bailarinos de todo o mundo, por ter como pilar uma das mais tradicionais escolas de dança do mundo, o Bolshoi. 

- As empresas que patrocinarem podem colaborar para que a cultura de Volta Redonda tenha a oportunidade de receber notoriedade. Com uma verba de patrocínio ajudarão a financiar o transporte, acomodação, alimentação, bem como a confecção de uniformes de frio para os bailarinos. Empresas patrocinadoras terão suas logomarcas estampadas no uniforme da equipe de bailarinos, bem como nas redes sociais do grupo de dança. Mas a maior recompensa é saber que essas empresas estarão patrocinando 18 sonhos, de 18 bailarinas, de 18 famílias, e enaltecendo a arte voltarredondense. 

O que é o Centro de Dança ELO 

O Centro de Dança ELO está localizado em Volta Redonda, criado em 2019 por Péricles de Araujo. Atualmente o ELO conta com aulas de balé clássico, dança contemporânea, jazz, jazz funk, dança cigana, dança flamenca, power ballet, k-pop e dança do ventre. 

- Atribuo meus conhecimentos em prol da arte, com o objetivo de proporcionar felicidade, satisfação e qualidade de vida aos alunos, familiares e amigos da arte - diz o professor. 

Segundo Péricles Araujo, o Centro de Dança tem o objetivo de desenvolver, aproximar e ensinar a dança. 

- A nossa metodologia de ensino tem sido atestada pelos diversos prêmios recebidos. Conquistando confiança pelo trabalho de qualidade e adquirido destaque em nossa região - argumenta. 

O ELO promove dois espetáculos anuais, também participa de festivais e seletivas nacionais. 

- Os resultados têm sido gratificantes. Mesmo que não seja a dança escolhida como carreira, a vivência na dança aprimora. Além de uma atividade física, também ensina atributos para a vida. Em nossa equipe, temos profissionais dispostos em transformar sonhos em realidade. 

> Contatos com o Centro de Dança ELO (professor Péricles): (24) 99301-2652 | centrodedancaelo@outlook.com | @centrodedancaelo

________________________________________________________

Por Cláudio Alcântara  –  claudioalcantaravr@hotmail.com

Seja o primeiro a comentar

×

×

×